Em discurso polêmico, Bolsonaro diz que as pessoas devem voltar à normalidade

Presidente Jair Bolsonaro realizou pronunciamento nessa terça.

Em pronunciamento no rádio e na TV na noite deswa terça-feira (24), o presidente Jair Bolsonaro afirmou que o novo coronavírus (covid-19) está sendo enfrentado e pediu calma à população. “Sem pânico ou histeria, como venho falando desde o princípio, venceremos o vírus e nos orgulharemos”, disse o presidente.

Bolsonaro afirmou que as autoridades devem evitar medidas como proibição de transportes, o fechamento de comércio e o confinamento em massa. “Nossa vida tem que continuar. Os empregos devem ser mantidos. O sustento das famílias deve ser preservado. Devemos, sim, voltar à normalidade”, destacou.

O presidente voltou a dizer que o grupo de risco para a doença é o das pessoas acima dos 60 anos de idade e que não teria necessidade de fechamento de escolas, já que são raros os casos fatais de pessoas sãs com menos de 40 anos. Segundo ele, 90% da população não terá qualquer manifestação da doença, caso se contamine, e a preocupação maior deve ser não transmitir o vírus, “em especial aos nossos queridos pais e avós”.

LEIA MAIS

Rio de Janeiro confirma primeira morte por coronavírus

(Foto: Ilustração)

O governo do Rio de Janeiro e a Prefeitura de Miguel Pereira confirmaram, nesta quarta-feira (18), o primeiro caso de morte em decorrência do Covid-19 no Estado. A vítima é uma mulher de de 63 anos. Ela morreu na terça-feira (17), no município de Miguel Pereira, onde vivia.

LEIA TAMBÉM

Exame de idoso que morreu no RJ aponta presença do coronavírus

Empregada doméstica, trabalhava no Rio de Janeiro e entrou em contato com sua empregadora, que, ao voltar de uma viagem à Itália, foi submetida a teste e teve confirmada a doença.

LEIA MAIS

Novo coronavírus: governo antecipa pagamento do 13º para aposentados

Presidente da República, Bolsonaro, e o ministro da Economia, Paulo Guedes.

O Ministério da Economia anunciou nessa quinta-feira (12) a adoção de providências para minimizar os impactos da pandemia do novo coronavírus para a população.

Entre as medidas anunciadas, está a antecipação, para abril, do pagamento de R$ 23 bilhões referentes à parcela de 50% do 13º salário aos aposentados e pensionistas do Instituto Nacional da Seguridade Social (INSS). A pasta também anunciou a suspensão, pelo período de 120 dias, da realização de prova de vida dos beneficiários do INSS.

Essas são as primeiras decisões tomadas pelo grupo de monitoramento dos impactos econômicos da pandemia de Covid-19, que se reuniu ao longo do dia. O colegiado foi instituído pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, com o objetivo de acompanhar a conjuntura e propor medidas para mitigar os efeitos econômicos do avanço da infecção no país.

LEIA MAIS

Mega-Sena acumula e deve sortear R$ 8,5 milhões no próximo concurso

O prêmio de R$ 4,8 milhões do concurso 2242 da Mega-Sena acumulou. Em sorteio realizado em São Paulo, ninguém acertou as seis dezenas, que foram 050918242542, sorteadas pela Caixa. Por conta disso, o próximo sorteio terá uma premiação estimada de R$ 8,5 milhões.

O sorteio também teve 89 vencedores na quina. Cada um deles ganhará R$ 17.495,28. A quadra, por sua vez, teve 4.514 apostas certeiras, sendo que cada um dos sortudos embolsará R$ 492,77.

LEIA MAIS

Mega-Sena sorteia nesta quinta prêmio estimado em R$ 4,5 milhões

Premiação acumulou novamente.

A Mega-Sena sorteia nesta quinta-feira (12) prêmio estimado em R$ 4,5 milhões. É o segundo sorteio da Mega Semana da Mulher. No primeiro sorteio, realizado na terça-feira (10), nenhuma aposta acertou as seis dezenas.

Na ocasião, 33 apostas acertaram cinco números e vão receber um prêmio de R$ 31,9 mil cada. Outros 1.575 apostadores acertaram a quadra, garantindo prêmio individual de R$ 956,20.

De acordo com a Caixa, o valor acumulado de R$ 4,5 milhões, caso investido na poupança, renderia uma renda mensal de mais de R$ 11 mil.

LEIA MAIS

Mega-Sena acumula e deve pagar R$ 4,5 milhões na quinta

Premiação acumulou novamente.

Nenhum apostador venceu o concurso nº 2.241 da Mega-Sena desta terça-feira (10). Foram sorteados os números 01, 13, 18, 26, 40 e 56. Segundo estimativa da Caixa, o concurso da próxima quinta-feira (12) deverá pagar R$ 4,5 milhões.

A quina teve 33 apostas ganhadoras e cada uma vai receber um prêmio de R$ 31.946,06. A quadra saiu para 1.575 apostadores, que receberão prêmio de R$ 956,20. A aposta mínima na Mega-Sena custa R$ 4,50. Nesse caso, a chance de acerto (probabilidade estatística) é de uma em mais de 50 milhões.

LEIA MAIS

Mega-Sena sorteia R$ 2 milhões nesta terça

O valor depende de quantos números você pretende colocar no jogo.

Um prêmio estimado de R$ 2 milhões estará em jogo nesta terça-feira (10) para todos que acertarem as seis dezenas no concurso de número 2241 da Mega-Sena. Esta edição será realizada hoje por causa da “Mega-Semana da Mulher”, que tem uma edição a mais e substituiu o tradicional sorteio da quarta-feira por este e outro na quinta-feira (12).

O sorteio anterior, realizado no dia 07 de março, terminou com dois vencedores. Eles cravaram os seis números (07-09-10-19-25-58) e levaram uma bolada de R$ 27.894.020,38 (cada). 143 pessoas acertaram a quina, ganhando R$ 28.124,13 cada. Outras 10.345 pessoas foram premiadas com R$ 555,37, valor para quem acertou a quadra.

LEIA MAIS

Mega-Sena acumula de novo e pode pagar R$ 55 milhões

Premiação acumulou novamente.

Ninguém acertou as seis dezenas do concurso 2239 da Mega-Sena, realizado na noite desta quarta-feira (04) em São Paulo. O prêmio, que seria de R$ 7 milhões, acumulou pelo segundo sorteio consecutivo. Agora, os apostadores vão concorrer a R$ 55 milhões. O próximo concurso ocorrerá no sábado, dia 7 de março.

Segundo a Caixa Econômica Federal, 29 apostas acertaram a quina e levarão R$ 76.121,74 cada uma. Já a quadra teve 3.057 apostas ganhadoras, que receberão R$ 1.031,60 cada. A arrecadação total foi superior a R$ 38 milhões.

LEIA MAIS

Mega-Sena deve pagar R$ 7 milhões nesta quarta

Premiação acumulou novamente.

Acumulada, o sorteio da Mega-Sena deve pagar cerca de R$ 7 milhões no concurso da próxima quarta-feira (04), conforme a Caixa Econômica Federal.

No último evento, ninguém acertou as dezenas sorteadas, que foram: 113645555758. A Quina saiu para 14 apostadores que terão direito a sacar R$ 123.443,51. Já a Quadra teve 1.679 ganhadores que recebem R$ 1.470,44.

LEIA MAIS

Bolsonaro pede serenidade e afirma que respeita os Poderes

Bolsonaro rebate declarações da grande mídia.

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nessa quinta-feira (27), durante sua live semanal no Facebook, que não está estimulando protestos contra o Congresso Nacional e o Judiciário, e pediu “serenidade” e “responsabilidade”.

Ele refutou informações, veiculadas nos últimos dias, pela imprensa, de que estaria apoiando atos previstos para o próximo dia 15 de março, e que teriam, entre as pautas anunciadas, de acordo com as notícias, pedidos de fechamento do Legislativo e do Supremo Tribunal Federal (STF).

“Eu não vi nenhum presidente de Poder falar sobre essa questão do dia 15, que eu estaria estimulando um movimento contra o Congresso e contra o Judiciário, não existe isso. Não falaram porque não existe isso. Agora, nós não podemos nos envenenar com essa mídia podre que nós temos aí, em grande parte”, afirmou.

LEIA MAIS

Mega-Sena acumulada sorteia prêmio de R$ 200 milhões nesta quinta

O prêmio de R$ 200 milhões é o terceiro maior da história da Mega-Sena em concursos regulares, sem contar a Mega da Virada.

A Mega-Sena acumulou mais uma vez e agora pode pagar prêmio estimado em R$ 200 milhões. O sorteio das dezenas do concurso 2.237 será realizado nesta quinta-feira, a partir das 20h (horário de Brasília), no Espaço Loterias Caixa, localizado no Terminal Rodoviário Titetê, na cidade de São Paulo.

O sorteio é aberto ao público, que pode acompanhar também nas redes sociais: no Facebook e no canal Caixa no Youtube. Esta é a 16ª vez consecutiva que o prêmio acumula, novo recorde de sequência de acumuladas para a modalidade.

LEIA MAIS

Fies: candidatos já podem acessar resultados

(Foto: Internet/Ilustração)

O resultado da seleção do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) e do Programa de Financiamento Estudantil (P-Fies) para o primeiro semestre de 2020 já está disponível. A lista de pré-selecionados da chamada única pode ser consultada no site do programa ou nas instituições de ensino participantes.

Na modalidade Fies, o estudante deve complementar a inscrição pelo site do programa no período de 27 de fevereiro a 2 de março. Já os pré-selecionados na modalidade P-Fies deverão comparecer à instituição de ensino para validação das informações de sua inscrição e contratação do financiamento.

LEIA MAIS

Brasil confirma primeiro caso de coronavírus e investiga outros 20 suspeitos

(Foto: Divulgação/ Josué Damasceno/ IOC/Fiocruz)

O Ministério da Saúde confirmou, hoje (26), o primeiro caso de um brasileiro infectado pelo novo coronavírus (Covid-19). No momento, há vinte casos suspeitos da doença no país. Os casos suspeitos estão espalhados nos seguintes estados: Paraíba (1), Pernambuco (1), Espírito Santo (1), Minas Gerais (2), Rio de Janeiro (2) e Santa Catarina (2) e São Paulo (11). Cinquenta e nove casos suspeitos foram descartados.

O caso confirmado trata-se de um homem de 61 anos, morador da cidade de São Paulo, que esteve na região da Lombardia, no norte da Itália, entre os dias 9 e 21 de fevereiro. Ao retornar da viagem, na última sexta-feira (21), o paciente apresentou os sinais e sintomas compatíveis com a doença (febre, tosse seca, dor de garganta e coriza).

Atendido no Hospital Israelita Albert Einstein na segunda-feira (24), o homem foi submetido a exames clínicos que apontaram a suspeita de infecção pelo vírus. Com resultados preliminares realizados pela unidade de saúde e de acordo com o Plano de Contingência Nacional, o hospital enviou a amostra para o laboratório de referência nacional, Instituto Adolfo Lutz, para contraprova.

LEIA MAIS

Bolsonaro autoriza envio das Forças Armadas para o Ceará

(Foto: Internet)

O presidente Jair Bolsonaro assinou nessa quinta-feira (20) um decreto que autoriza o emprego das Forças Armadas no Ceará, a pedido do governador Camilo Santana. O estado vive uma crise na área de segurança pública, agravada pela paralisação de parte dos policiais militares, que estão amotinados em quarteis e batalhões.

Por lei, policiais militares não podem fazer greve. O decreto de Garantia da Lei e da Ordem (GLO) foi publicado em edição extra do Diário Oficial da União e vale pelo período de 20 a 28 de fevereiro.

“Acabei de assinar a GLO para Fortaleza [na verdade, para todo o Ceará], o governador preencheu os requisitos”, disse Bolsonaro na porta do Palácio do Alvorada, residência oficial. O presidente aproveitou para pedir que o Congresso aprove o projeto de lei que flexibiliza o conceito de excludente de ilicitude para agentes de segurança durante operações desse tipo.

LEIA MAIS

Arrecadação de impostos é recorde para mês de janeiro

(Foto: Ilustração)

A arrecadação total das Receitas Federais atingiu, em janeiro deste ano, R$ 174,991 bilhões, registrando acréscimo real (descontada a inflação) de 4,69% em relação ao mesmo mês de 2019. Esse é o maior valor já arrecadado para o mês de janeiro.

As Receitas Administradas pela Receita Federal (impostos e contribuições federais) chegaram a R$ 163,948 bilhões, no mês passado, resultando em crescimento real de 4,69%.

LEIA MAIS
123