Nordeste supera Sudeste em casos confirmados do novo coronavírus

Com os dados de quarta-feira (10) a região Nordeste superou o Sudeste em casos confirmados do novo coronavírus. São 272.280 infectados no Nordeste, contra 271.534 no Sudeste. Os números se baseiam no levantamento oficial do Ministério da Saúde.

Apenas ontem o Nordeste confirmou 11.611 novos casos, enquanto o Sudeste – que desde o início da pandemia era a região com maior número de casos – teve 10.351. A título de comparação, o primeiro registro da doença no país se deu no dia 26 de fevereiro, em São Paulo.

A doença chegou ao Nordeste no dia 6 de março, na Bahia. Preocupa o fato de o Nordeste ter 34,5 milhões de habitantes, contra 87, 5 no Sudeste. Ceará é o líder em registros da covid-19 na nossa região, sendo o terceiro no ranking nacional.

De acordo com o Poder 360, as autoridades de saúde alertam que a evolução da epidemia é influenciada pela “disponibilidade de equipamentos de saúde e de médicos, bem como pelas condições de saneamento básico e índices de pobreza”. Outro ponto que pesa é o fato de alguns estados testarem mais do que outros.

Consórcio do Nordeste rescinde contrato e dinheiro de respiradores é devolvido

(Foto: Polícia Civil DF)

O valor referente à compra de 750 respiradores adquiridos pelo Consórcio do Nordeste foi devolvido nesta terça-feira (9) pela empresa Pulsar, que não conseguiu cumprir os prazos de entrega exigidos no contrato.

Por uma questão de segurança, o presidente do Consórcio, Rui Costa, solicitou a imediata devolução dos recursos quando a empresa não cumpriu o prazo de entrega.

LEIA MAIS

Apuração de compra de respiradores pelo Consórcio do Nordeste vai para o STJ

O processo que apura a compra de respiradores pelo Consórcio do Nordeste, que desencadeou a Operação Ragnarok na semana passada, deixou o Tribunal de Justiça da Bahia e passou para as mãos do Superior Tribunal de Justiça (STJ).

A informação que havia sido antecipada pelo o site Bahia Notícias na última sexta-feia, foi confirmada pelo TJ-BA. A mudança se deve ao fato de governadores terem prerrogativa de foro e, por isso, somente podem ser julgados pelo STJ.

LEIA MAIS

Governadores do Nordeste querem que médicos formados no exterior atuem no combate ao coronavírus

Governadores dos estados do Nordeste pediram ao governo federal para validar os diplomas de médicos formados no exterior. O pedido ocorreu na quinta-feira (16), quando outras quatro medidas do Comitê Cientifico foram sugeridas e aprovadas, mas só foi divulgado hoje (17).

O pedido foi feito através do Comitê Científico do Nordeste, formado para o enfrentamento do novo coronavírus.
Após a divulgação da orientação do Comitê Científico, formado pelo Consórcio Nordeste, para o enfrentamento do novo coronavírus, enviou um ofício com o pedido de validação dos diplomas ao Ministério da Saúde, na tarde desta sexta-feira. O grupo é presidido pelo governador Rui Costa.

LEIA MAIS

Hidrelétrica de Sobradinho não terá limite máximo para liberação de água

Velho Chico se alegra com notícia

A chuva do começo do ano trouxe uma boa notícia aos sertanejos. A partir da última quarta-feira (1°) a operação da hidrelétrica de Sobradinho (BA) voltou à faixa Normal, algo que não acontecia desde 2013. Ou seja, a barragem não terá limite máximo na liberação de água.

A mudança acontece sete anos depois da implantação de medidas para recuperar o volume da barragem. Em abril de 2013 a CHESF passou a adotar medidas para preservar a hidrelétrica. Em seguida foram anos registrando seca e a escassez da barragem ligou o sinal de alerta. Porém, 2020 tem sido um ano bastante chuvoso e resultou na recuperação do nível.

De acordo com a Agência Nacional de Águas (ANA), as chuvas de 2020 permitiram a recuperação do armazenamento de Sobradinho, superando o volume útil de 60%. No dia 31 de março a barragem acumulava 73,98% de seu volume útil.

Um dia após pronunciamento, Bolsonaro usa redes sociais para criticar governadores

Membros do Consórcio Nordeste estão reunidos hoje

O tom apaziguador adotado pelo presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido) na noite de terça-feira (31) ficou de lado nas redes sociais. Logo no início dessa quarta-feira (1º) Bolsonaro divulgou um vídeo e criticou governadores pela forma como eles estão tratando a pandemia do novo coronavírus.

O vídeo – que depois foi apagado – supostamente foi gravado no Ceasa de Minas Gerais e mostrava o desabastecimento do local. Contudo, a gestão da unidade rebateu a postagem de Bolsonaro, alegando que a situação estava normalizada e não havia desabastecimento.

“Não é um desentendimento entre o Presidente e ALGUNS governadores e ALGUNS prefeitos.. São fatos e realidades que devem ser mostradas. Depois da destruição não interessa mostrar culpados”, escreveu Bolsonaro em seu Twitter.

A postagem não foi bem recebida pelos governadores, em especial no Nordeste. Os membros do Consórcio local discutirão a publicação em um encontro. Até o momento, no entanto, os integrantes do Consórcio não se pronunciaram oficialmente.

Consórcio Nordeste cria Comitê Científico para enfrentamento ao covid-19

Consórcio une forças para combater coronavírus (Foto: Heudes Regis/SEI)

Os governadores do Nordeste que integram o Consórcio local, anunciaram na segunda-feira (30) a criação do Comitê Científico. O objetivo é auxiliar os gestores na tomada de decisão no enfrentamento ao novo coronavírus. A primeira reunião do Comitê está marcado para hoje (31).

“É uma guerra. Precisamos de apoio científico para vencê-la”, afirmou o governador Rui Costa (PT), presidente do Consórcio. Entre os convidados a integrar o Comitê Científico do Consórcio Nordeste estão (31) o cientista Miguel Nicolelis e o físico e ex-ministro de Ciência e Tecnologia, Sérgio Rezende.

A comissão fará reuniões periódicas com autoridades científicas brasileiras e de outros países, a exemplo da Itália, da Alemanha e da China, países afetados pelo covid-19. Outra função do Comitê é a emissão de boletins com todos os números da região relativos à doença e divulgará orientações baseadas nas pesquisas realizadas pelo grupo.

Secretários de Saúde do Nordeste emitem nota conjunta criticando fala de Bolsonaro

Discurso em rede nacional gerou críticas de vários setores (Foto: Ilustração)

O discurso do presidente da República Jair Bolsonaro (sem partido) proferiu em rede nacional na noite de terça-feira (24) repercutiu negativamente no país. Ainda ontem os secretários de Saúde do Nordeste divulgaram uma carta conjunta condenando o posicionamento de Bolsonaro.

LEIA TAMBÉM

Em discurso polêmico, Bolsonaro diz que as pessoas devem voltar à normalidade

No documento os gestores condenam a tentativa do presidente de desfazer os esforços estaduais para conter a pandemia do novo coronavírus. Em um momento do discurso Bolsonaro criticou os governos municipais e estaduais por estarem adotando medidas rígidas durante a pandemia.

“Vamos continuar fazendo nosso trabalho […] Sabemos que iremos enfrentar uma grave recessão econômica, mas o que nos cabe lidar diretamente é a grave crise sanitária”, destacam os secretários.

Leia a íntegra da carta:

LEIA MAIS

FBC sai em defesa do Banco do Nordeste na distribuição de recursos do fundo constitucional

(Foto: Ascom)

O senador Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE) fez na última quarta-feira (4), um contundente discurso no plenário, em defesa do fortalecimento do Banco do Nordeste (BNB). Em contraponto ao senador Espiridião Amin (PP-SC), que criticou o que chamou de “monopólio” do BNB na distribuição dos recursos do Fundo Constitucional do Nordeste, o pernambucano rebateu: “a expressão monopólio não é justa”.

De acordo com Fernando Bezerra, o BNB é o principal instrumento de desenvolvimento do semiárido. “De todos os bancos de desenvolvimento, o Banco do Nordeste é o que tem a melhor performance. De todos os bancos públicos, no ano passado, o Banco do Nordeste foi o que melhor performou do ponto de vista da aplicação de recursos, do retorno e da rentabilidade. O banco, que é reconhecido internacionalmente como o banco do Crediamigo, do crédito popular e do microcrédito. E o banco, para subsistir num ambiente econômico adverso, precisa sim da exclusividade dos recursos do Fundo Constitucional do Nordeste”, afirmou.

LEIA MAIS

Em audiência pública no Congresso, Dilson Peixoto cobra pagamento a pescadores atingidos por mancha de óleo

(Foto: Roberto Stuckert Filho)

O secretário de Desenvolvimento Agrário de Pernambuco, Dilson Peixoto, esteve em Brasília (DF) na terça-feira (18), para representando o Estado em uma audiência pública promovida pela Comissão Mista, criada no Congresso Nacional que busca discutir a criação do Auxílio Pecuniário Emergencial aos pescadores afetados pelo óleo que atingiu o litoral nordestino.

Peixoto cobrou o pagamento ao público alvo. “Em Pernambuco temos 7.952 pescadores inscritos no Regime Geral da Atividade Pesqueira (RGP) nos 16 municípios litorâneos do estado, mas o IBAMA resolveu excluir do benefício os pescadores de Abreu e Lima, Itapissuma e Igarassu, o que reduziu esse número para 6.505. Para complicar ainda mais, já que as atualizações do RGP estão suspensas desde 2015, a União limitou o pagamento apenas aos que estão com o registro ativo, restringindo os beneficiados a 4.236 pescadores“, disse.

No segundo semestre de 2019 as manchas de óleo atingiram vários estados do Nordeste, sua origem ainda não é conhecida e enquanto isso, os trabalhadores que vivem da pesca seguem desamparados. “De acordo com o PNC, esses custos deveriam ser custeados pela União até que fosse possível descobrir o responsável pela poluição, o que não foi feito até agora nem sabemos se ainda se tem interesse em identificar”, concluiu.

Pernambuco sediará Seminário Internacional da Água

(Foto: Ilustração)

Elemento de fundamental relevância, em especial para a população nordestina, a água será tema de um grande seminário internacional, nos dias 23 e 24 de março, no Recife (PE). Promovido pelo Consórcio Nordeste, e sob o comando do anfitrião, o governador Paulo Câmara, especialistas brasileiros, franceses, mexicanos e chilenos discutirão com representantes de empresas públicas e privadas dos nove Estados da região questões essenciais, como segurança hídrica, regulação, compliance, saneamento rural, novas tecnologias a serviço da utilização e preservação da água, além do novo Marco Regulatório do Saneamento, cujo projeto se encontra em tramitação no Congresso Nacional.

O seminário será realizado no teatro Luiz Mendonça, em Boa Viagem, com capacidade para cerca de 600 pessoas, e servirá também para marcar a passagem do Dia Mundial da Água, celebrado anualmente em 22 de março. De acordo com o governador Paulo Câmara, ter todo o Nordeste unido em torno de temas comuns e essenciais, como é a questão da água, fortalece a luta pela solução de questões importantes e urgentes, a exemplo do abastecimento e do saneamento básico.

LEIA MAIS

Oportunidade: Banco do Nordeste agiliza aprovação de projetos de energia solar

(Foto: Ilustração)

O Banco do Nordeste reduziu para dois dias úteis o prazo médio de atendimento a propostas de crédito para projetos residenciais de energia solar no âmbito do FNE Sol pessoa física. O avanço resulta da automação de processos internos de análise e concessão de crédito relativa ao programa. Outra novidade, é que a partir de março, a solicitação de crédito poderá ser feita via internet.

Lançado em 2018, especificamente para pessoas físicas, o FNE Sol objetiva contribuir para a sustentabilidade ambiental da matriz energética da Região Nordeste, financiando projetos residenciais de energia renovável e contempla micro e minigeradores de energia elétrica, conforme os termos da Resolução Aneel n.º 482/2012 e suas alterações. Em 2019, o Banco do Nordeste contratou R$ 86,3 milhões, correspondentes a mais de 2,8 mil operações.

O FNE Sol financia todos os componentes dos sistemas de micro e mini geração de energia elétrica fotovoltaica ou eólica, assim como sua instalação. Dentro desse escopo, são financiáveis painéis fotovoltaicos e inversores de até 10kw com certificações do Inmetro, para equipamentos nacionais,  e/ou certificação internacional, para equipamentos importados. Inversores acima de 10kw devem ter ao menos uma dessas certificações.

LEIA MAIS

Eduardo Bolsonaro planeja visitar Nordeste em fevereiro

Pernambuco não está na agenda (Foto: Adriano Machado/Reuters)

O deputado federal e filho do presidente da República, Eduardo Bolsonaro anunciou em suas redes sociais que visitará o Nordeste em fevereiro. A agenda não inclui Pernambuco. Em sua passagem pela região, o parlamentar irá à Bahia, Rio Grande do Norte e Paraíba.

Ele também anunciou que não exercerá mais a função de presidente da Comissão de Relações Exteriores da Câmara dos Deputados. “Esse ano não tenho aspiração a ser presidente de nenhuma comissão. Com isso, vou ter mais tempo para as atividades aqui dentro do Congresso, estou planejando novidade nas redes sociais e pretendo estar junto com vocês para levar o Brasil mais adiante”, afirmou.

Advogado e policial federal, Eduardo Bolsonaro, de 34 anos, foi reeleito deputado federal em 2018 com a maior votação do País (1.843.735 votos), pelo PSL. Terceiro filho do atual presidente, cabe a ela a articulação para do Aliança pelo Brasil, novo partido dos Bolsonaros. (Com informações do Blog do Jamildo).

Acesso à água: plano do governo federal pode beneficiar 3 milhões de pessoas do semiárido nordestino

(Foto: Ilustração)

O Serviço Geológico do Brasil está buscando recursos para tirar do papel um plano inédito, de R$ 245 milhões, que pode beneficiar 3 milhões de pessoas que não têm acesso à água no semiárido nordestino. O plano feito por especialistas do órgão federal prevê um investimento em oito tipos diferentes de ações para oferta de água, com obras previstas por 48 meses.

O valor do investimento pode parecer alto, mas é pequeno quando comparado ao gasto com abastecimento emergencial aos sertanejos ao longo de um ano. Somente em 2019, a Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil, ligado ao MDR (Ministério do Desenvolvimento Regional), gastou R$ 610,5 milhões com a Operação Carro-Pipa.

LEIA MAIS

Banco do Nordeste lança edital para projetos de difusão e transferência de tecnologia

(Foto: Blog Waldiney Passos)

O Banco do Nordeste lançou edital do Fundo de Desenvolvimento Econômico, Científico, Tecnológico e de Inovação (Fundeci), no valor de R$ 6 milhões, para apoio financeiro a projetos que promovam a difusão e transferência de tecnologias em atividades priorizadas nos territórios atendidos pelo AgroNordeste e/ou pelo Programa de Desenvolvimento Territorial Banco do Nordeste (Prodeter). O prazo de execução dos projetos, que podem contar com recursos não reembolsáveis de R$ 60 mil até R$ 300 mil, é de seis meses a dois anos.

O edital foca o tema na “Difusão e Transferência de Tecnologia em Territórios Prioritários do Plano AgroNordeste do MAPA e do Programa de Desenvolvimento Territorial Banco do Nordeste (Prodeter)”. As inscrições devem ser feitas até 7 de fevereiro de 2020, podendo participar instituições públicas e privadas sem fins lucrativos, com sede ou com filiais na área de atuação do BNB, que abrange os nove Estados da Região e o Norte de Minas Gerais e do Espírito Santo. O resultado da primeira etapa será divulgado em 9 de março de 2020.

Os projetos devem contemplar a difusão e transferência de tecnologias em pelo menos um dos quatro elos da cadeia produtiva ‒ insumos, produção, beneficiamento e comercialização ‒ em uma das atividades priorizadas nos territórios elegíveis. O desafio é melhorar os níveis de produtividade dos mini, micro e pequenos produtores por meio da organização, fortalecimento e elevação da competitividade das atividades econômicas selecionadas. Clique aqui e confira o edital.

123