Polícia Militar de Juazeiro realiza evento alusivo ao Outubro Rosa

(Foto: Polícia Militar)

No evento, realizado na manhã desta terça-feira (20), na Chácara Bougainville, em Juazeiro, cidade da região norte da Bahia, foram discutidos os aspectos físicos, psicológicos e emocionais do câncer de mama. O objetivo era chamar a atenção e orientar as Policiais Militares, lotadas nas Unidades Operacionais da Região Norte, das cidades de Juazeiro, Curaçá, Casa Nova e Sobradinho.

O Comandante do Comando de Policiamento da Região Norte (CPRN), Coronel PM Nilton Paixão e o Subcomandante Tenente Coronel PM Brandão Júnior, prestigiaram o evento que foi realizado  pela Seção de Valorização Profissional (SVP), Chefiada pela Capitã PM Bruna Gracielle.

A Terapeuta Holística, Márcia Cristina Pereira Honorato, iniciou o evento falando sobre meditação e relaxamento, ainda contemplou o público presente com uma meditação guiada.

Em seguida houve uma Roda de Conversa, mediada pela Capitã PM Bruna Gracielle, com a participação de alguns convidados, sendo estes: o Mastologista, Doutor Paulo Giovanni de Carvalho Cavalcanti Fernandes; a Psicanalista, Soldado PM Maria Carolina Dantas de Sena e a Cabo PM Edirléia Macêdo Cardoso.

Shopping de Petrolina adere a campanha Outubro Rosa

O River Shopping, de Petrolina, mudou a iluminação da sua fachada em homenagem a todas as mulheres e como forma de conscientizar a população sobre a prevenção ao câncer de mama.

A cor rosa na iluminação é em alusão ao combate ao câncer de mama neste mês de outubro. Além disso, a comunicadora Revira Vivi vem espalhando palavras de muito amor e conscientização ao falar da importância do autocuidado para as mulheres nas redes do @rivershopping.

De acordo com o Instituto Nacional do Câncer (INCA), o Outubro Rosa é um movimento internacional de conscientização para o controle do câncer de mama, que foi criado no início da década de 1990 pela Fundação Susan G. Komen for the Cure.

A data é celebrada anualmente, com o objetivo de compartilhar informações e promover a conscientização sobre a doença; proporcionar maior acesso aos serviços de diagnóstico e de tratamento e contribuir para a redução da mortalidade.