PMs são presos em ação que resultou na apreensão de 1,5 tonelada de cocaína em PE

Droga estava em residência (Foto: PM/Divulgação)

Três policiais militares e um homem foram presos em Jaboatão dos Guararapes, no Grande Recife (PE), na madrugada desse domingo (17). Segundo a Polícia Militar de Pernambuco, o quarteto foi detido durante uma ação de combate ao tráfico de drogas que resultou na apreensão de 1,5 tonelada de cocaína.

Dois PMs presos são de Pernambuco (um é da reserva) e o terceiro agente da segurança é da Bahia. Com eles a polícia pernambucana apreendeu dois fuzis, cinco pistolas e mais 450 munições de diversos calibres. Segundo nota da PM-PE, os envolvidos na ação criminosa podem ser expulsos da corporação.

LEIA MAIS

Aeronáutica abre seleção com vagas para Pernambuco

(Foto: Divulgação)

A Aeronáutica está com uma seleção aberta para convocação e incorporação de 234 profissionais de nível superior. A boa notícia é que há vagas para Pernambuco. Os futuro militares terão vínculo de trabalho temporário, para 2021.

O voluntário que for incorporado poderá ser empregado em qualquer atividade militar ou considerada de natureza militar. As oportunidades em Pernambuco dividem-se em Administração (2) e Serviços Jurídicos (5). Todas são exclusivas a Recife. Quem estiver interessado deve efetuar as inscrições a partir de 21 de dezembro de 2020 até 2 de janeiro de 2021, no site da Força Aérea Brasileira.

Os candidatos serão avaliados por entrega de documentos, validação documental, avaliação curricular, concentração inicial, inspeção de saúde e avaliação psicológica, teste de avaliação do condicionamento físico, concentração final e habilitação à incorporação.

Derrota de Marília na capital define caminho de petistas de Petrolina em 2020

Odacy é suplente de Marília, mas não herdará vaga

A derrota de Marília Arraes (PT) para João Campos (PSB) no Recife (PE) também foi sentida por dois políticos petrolinenses. Em primeiro lugar, por Odacy Amorim (PT), que é 1º suplente de Marília na Câmara dos Deputados e caso a neta de Miguel Arraes fosse eleita, herdaria a cadeira em Brasília (DF).

Mas Marília somou apenas 348.126 votos (43,73%), contra 447.913 votos (56,27%) de João. Vale lembrar que Odacy foi candidato a prefeito em Petrolina nesse ano e obteve apenas o terceiro lugar, totalizando 15.345 votos (9,64%).

A outra a sentir com a derrota da petista foi Cristina Costa (PT). Aliadas de longa data, especulava-se que Cristina poderia ganhar algum cargo com a vitória de Marília. Assim como Odacy, a vereadora de Petrolina não obteve sucesso em 2020 e conseguiu apenas a suplência em 2021.

Mesmo com a derrota, Costa destacou que companheira de partido é o presente e futuro do partido. “Ela resgatou a autoestima da militância petista, injetou energia positiva no Partido dos Trabalhadores, demonstrou coerência, firmeza em suas propostas e convicções […] Você é só orgulho para nós do PT“, escreveu nas redes sociais.

João Campos é o novo prefeito do Recife; o mais jovem da história da capital pernambucana

João Campos, novo prefeito de Recife. (Foto: Reprodução Facebook)

Com 428.922 votos (56,21%), João Campos (PSB), com 96,09% das urnas apuradas, venceu o segundo turno das eleições no Recife e sagrou-se como o prefeito mais jovem da história da capital pernambucana, aos 27 anos. Uma das maiores apostas do PSB para o futuro, o deputado federal João Henrique de Andrade Lima Campos carrega no seu DNA a identidade do Partido Socialista Brasileiro e representa a continuidade da trajetória de líderes políticos históricos.

Bisneto e filho de dois ex-governadores pernambucanos e presidentes nacionais do partido, respectivamente, Miguel Arraes e Eduardo Campos, ele é visto como a continuidade de uma história tragicamente interrompida quando no dia 13 de agosto de 2014, um avião Cessna Citation prefixo PR-AFA caiu ceifando precocemente a vida do então candidato à Presidência da República Eduardo Campos, pai de João.

O jovem Engenheiro Civil pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), terá uma grande desafio pela frente. Gerir a Capital do Estado ainda sob os profundos efeitos da pandemia da Covid-19, recuperar a economia e reestabelecer os serviços da cidade, enfrentar a oposição do Governo Bolsonaro e, principalmente, ser a maior vitrine nacional do PSB, defendendo o legado político que Eduardo Campos deixou de herança.

Pesquisa mostra João Campos e Marília com 50% dos votos válidos cada um na disputa para Prefeitura do Recife

Pesquisa de intenções de voto para o segundo turno da disputa pela Prefeitura do Recife, realizada pelo Instituto de Pesquisas Sociais, Políticas e Econômicas (Ipespe), em parceria com a Folha de Pernambuco, indica um empate numérico entre João Campos (PSB) e Marília Arraes (PT), com 50% dos votos válidos (excluídos os brancos e nulos) para cada prefeiturável.

A margem de erro máximo estimada do estudo é de 3,5 pontos percentuais para mais ou para menos, com a utilização de um intervalo de confiança de 95,45%.

LEIA MAIS

Ibope/JC/Rede Globo: João Campos tem 43%, e Marília Arraes tem 41%, acirrando disputa no Recife

O candidato João Campos (PSB) e a candidata Marília Arraes (PT) estão tecnicamente empatados na disputa do segundo turno pela Prefeitura do Recife. De acordo com a segunda rodada da pesquisa Ibope/JC/Rede Globo para o segundo turno, divulgada nesta quarta-feira (25), João Campos passou de 39% para 43% das intenções de voto e Marília Arraes foi de 45% para 41%. A diferença entre ambos é de apenas dois pontos percentuais. A margem de erro máxima estimada da pesquisa é de três pontos percentuais para mais ou para menos.

A pesquisa foi realizada de forma presencial entre os dias 23 e 25 de novembro de 2020. Foram entrevistados 1.001 votantes do Recife. A margem de erro máxima estimada é de três pontos percentuais para mais ou para menos, com o nível de confiança de 95%. A pesquisa, contratada pelo Jornal do Commercio e Rede Globo, está registrada no Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco sob o protocolo Nº PE04600/2020.

Excluindo-se os votos brancos e nulos, João Campos continua numericamente à frente, com 51% dos votos válidos. Já a candidata do PT soma 49% dos votos válidos. Na primeira rodada da pesquisa, Marília estava numericamente à frente, com 53% dos votos válidos. João Campos aparecia com 47%.

Pesquisa Ibope/JC/Globo mostra Marília Arraes na frente da disputa para prefeitura de Recife

A candidata Marília Arraes (PT) lidera numericamente as intenções de voto no segundo turno da disputa eleitoral pela Prefeitura do Recife. De acordo com a primeira rodada da pesquisa Ibope/JC/Rede Globo para o segundo turno, divulgada nesta quarta-feira (18), a petista aparece à frente do seu adversário João Campos (PSB), com 45% das intenções de voto.

O candidato socialista, por sua vez, tem 39%. Levando-se em consideração a margem de erro de três pontos percentuais para mais ou para menos, os postulantes estão tecnicamente empatados no limite da margem de erro.

LEIA MAIS

Azul Linhas Aéreas passará a fazer voos regulares entre Recife, Serra Talhada e Caruaru

A Azul Linhas Aéreas vai ofertar voos diretos e regulares para o Recife, duas vezes por dia, dos aeroportos Santa Magalhães, em Serra Talhada, e Oscar Laranjeiras, em Caruaru. O início das operações acontece a partir de 11 de novembro e se soma a outras ações do Estado para fomentar o desenvolvimento econômico, social e turístico desses municípios, consolidados como cidades polos.

O anúncio foi feito pelo governador Paulo Câmara, durante encontro, no início da tarde de hoje, quinta-feira (8), no Palácio do Campo das Princesas, com as presenças da secretária de Infraestrutura e Recursos Hídricos, Fernandha Batista, e de diretores da Azul.

LEIA MAIS

Marília Arraes oficializa candidatura à Prefeitura do Recife pelo PT

(Foto: Ascom)

A deputada federal Marília Arraes terá o seu nome oficializado como a candidata do PT à Prefeitura do Recife nesta quarta-feira (16), a partir das 10h, durante a convenção oficial do partido. Além do PT, a coligação Recife Cidade Inteligente será formada pelo PSOL, PTC e PMB.

O evento irá respeitar todos os protocolos de segurança contra a Covid-19 e será transmitido nas redes sociais da parlamentar e na página oficial do PT no Facebook. O discurso de Marília está previsto para acontecer às 13h.

LEIA MAIS

Recife: Duas pessoas morrem após troca de tiros entre major da PM e agente penitenciário

Tiroteio aconteceu na noite de sábado, 5 de setembro (Foto: Polícia Militar/Divulgação)

Duas pessoas morreram na noite de sábado (5), após um major da Polícia Militar de Pernambuco e um agente penitenciário trocarem tiros, no Recife. Ainda no final de semana a Secretaria de Defesa Social (SDS) decretou a prisão dos dois envolvidos na ação.

Segundo a PM, o major Dinamérico Barbosa da Silva Filho e o agente penitenciário de Pernambuco, Ricardo de Queiroz Costa, estavam em um bar no bairro de Boa Viagem. Eles teriam discutido após Ricardo ter questionado ao major o motivo de ele estar olhando para sua esposa. De acordo com a mulher do agente penitenciário, teria sido nesse momento que o major da PM sacou a arma e teria iniciado o tiroteio.

Duas mortes e cinco feridos

Cinco pessoas que estavam no bar e não tinham relação com a dupla ficaram feridas, uma delas está em estado grave. Um homem também foi baleado e morreu no local. A segunda vítima fatal foi socorrida, porém veio a óbito no hospital. O major e o agente penitenciário responderão pelos crimes de homicídio e tentativa de homicídio.

Major tem histórico de confusões

De acordo com o G1 de Pernambuco, o major da Silva Filho tem histórico negativo na corporação. No ano de 2017 ele foi punido por “atacar a honra de oficial superior” em um grupo de WhatsApp. Em 2013 foi penalizado por agredir fisicamente um outro oficial durante uma confraternização.

SDS emite nota sobre caso e lamenta mortes

Sobre o tiroteio de sábado, a SDS emitiu uma nota, lamentando as mortes e disse que investiga o caso para punir os dois envolvidos. Confira o posicionamento do Governo do Estado:

“A Segurança Pública, assim como os demais órgãos que integram o Pacto pela Vida, lamentam profundamente que servidores públicos, cuja missão é proteger a sociedade, possam estar envolvidos em um fato tão trágico para as vítimas fatais, feridos e demais presentes no momento da ocorrência. Não apenas nos solidarizamos com os familiares, amigos e entes queridos, como reiteramos o empenho e a seriedade das Forças de Segurança, atuando de forma integrada, na investigação dos fatos e responsabilização dos envolvidos, tanto no âmbito criminal como no administrativo disciplinar”.

Presidente nacional do PT diz que partido deveria renunciar cargos no Recife

(Foto: Daniel Teixeira/Estadão Conteúdo)

Após o racha entre socialistas e petistas em Recife, a presidente nacional do PT, deputada federal Gleisi Hoffmann, afirmou, nessa terça-feira (25), que a sigla deveria deixar o governo Geraldo Julio (PSB). O PT decidiu lançar candidatura própria na capital pernambucana com Marília Arraes e vai disputar com o atual prefeito.

“Sobre essa questão de ocupar cargos, eu acho ruim. Como nós vamos participar da gestão se temos uma candidatura que vai disputar a eleição contra o candidato do atual prefeito? Eu acho que o PT deveria sair da Prefeitura do Recife”, destacou Gleisi.

No entanto, em entrevista ao Jornal do Comércio, o presidente do Diretório Municipal do PT no Recife, Cirilo Mota, disse que ainda não há decisão sobre uma possível entrega de cargos nem previsão para que isso seja discutido internamente.

LEIA MAIS

“Brasil é o país da hipocrisia”, diz médico que interrompeu gravidez de menina de 10 anos sobre protestos

Segundo o médico Olimpio Barbosa, cerca de 50 interrupções de gravidez são feitas por ano no Cisam-UPE (Foto: Reprodução/Globonews)

O médico Olímpio Barbosa, responsável pelo procedimento que interrompeu a gravidez de uma criança de 10 anos que foi estuprada pelo tio, reagiu com indignação à manifestação na porta do hospital, tentando impedir que o aborto, autorizado pela Justiça, fosse realizado.

“Foi de tristeza, pessoas que defendem a vida chamando a criança de assassina, querendo fazer justiça dessa forma, logo em uma maternidade que acolhe mulheres em risco, fazendo barulho em um hospital com 104 mulheres internadas. Nunca passei por nada parecido”, frisou o médico, em entrevista à Bandnews.

A interrupção da gravidez aconteceu no último domingo, 16, no Centro Integrado de Saúde Amaury de Medeiros (Cisam-UPE), em Recife, que é referência estadual nesse tipo de procedimento.

Segundo o médico, cerca de 50 interrupções de gravidez são feitas por ano no Cisam-UPE e é comum meninas de 11 a 12 anos procurarem assistência médica para uma gravidez vinda de uma violência sexual. “O mais importante é que ela não queria, foi torturada, obrigar uma criança a ter uma gravidez forçada é um absurdo”, disse.

O médico Olímpio Barbosa disse também que há uma “hipocrisia” no assunto de interromper gestações vindas de estupros. “A classe alta procura o aborto com maior frequência do que a classe desfavorecida. O Brasil é o país da hipocrisia. A defesa da vida é uma falácia. Se consideram que o embrião tem vida, deveriam estar nas portas das clínicas de reprodução humana, que descartam milhares de embriões”, pontuou.

Chacina no Grande Recife deixa cinco mortos e 12 feridos, incluindo criança

Uma chacina no município de Ipojuca, no Grande Recife, resultou na morte de cinco pessoas, três homens e duas mulheres, na noite desse domingo (9). A ação criminosa ainda deixou 12 feridos, sendo um deles uma criança de 11 anos.

Em um dos locais, uma praça da cidade, onde tinha cerca de 60 pessoas, os criminosos desceram de dois veículos, por volta das 23h30, e começaram a atirar contra os populares.

LEIA MAIS

Humberto Costa ”engole” candidatura de Marília no Recife, mas não quer campanha com ataques ao PSB

O senador Humberto Costa (PT) disse, nesta quarta-feira (5), que acata a decisão do Diretório Nacional petista e aceita a candidatura da deputada federal Marília Arraes à Prefeitura do Recife. Humberto era o principal defensor da manutenção da aliança do PT com o PSB em Pernambuco e trabalhou nos últimos meses para que a pré-candidatura de Marília fosse rifada pelo PT. No dia 31 de julho, porém, a direção nacional da sigla confirmou o nome da parlamentar na disputa recifense.

A declaração do senador ocorre um dia após os diretórios estadual e municipal do PT, que também eram contra a candidatura, anunciarem que vão apoiar Marília no pleito. “O partido vai cumprir a determinação do Diretório Nacional. Eu, em particular, estou no PT desde a sua origem e nunca deixei de cumprir qualquer decisão partidária. Desse modo, nós vamos cumprir essa decisão”, cravou. Humberto não disse, contudo, se o partido pretende entregar os cargos que ocupa na gestão do PSB.

O senador afirmou, ainda, que espera que a deputada também cumpra o que foi decidido pelo partido em termos de tática eleitoral: um discurso nacionalizado, de enfrentamento às ações do presidente Jair Bolsonaro (sem partido). “Nossa estratégia considera que devemos nacionalizar essa eleição, que o centro da campanha é a crítica ao governo Bolsonaro, denunciando tudo o que está acontecendo hoje no Brasil, essa condução da pandemia, o aumento da pobreza e da desigualdade no País, as políticas em termos sociais. Além disso, queremos resgatar o legado dos governos do PT e realizar a defesa do presidente Lula”, declarou.

LEIA MAIS

Recife: Mulher é presa ao tentar matar filho de sete meses afogado

(Foto: Leo Motta/JC imagem)

Na noite dessa segunda-feira (03), uma mulher foi presa suspeita de tentar matar o próprio filho de sete meses afogado no bairro de Passarinho, Zona Norte do Recife.

Segundo informações iniciais colhidas pela TV Jornal com o 11° Batalhão da Polícia Militar, a mãe estava transtornada no momento da ocorrência.

LEIA MAIS
123