Nível de água na barragem de Sobradinho continua aumentando e pode chagar a mesma marca de 2018

De acordo com informações do site Notícias da Lapa, o nível da água no Rio São Francisco está subindo de forma considerável na cidade de Bom Jesus da Lapa-BA.

Segundo o monitoramento feito por Dona Maria Alice Alves, que é a responsável pelas leituras para a Companhia Hidrelétrica do São Francisco (CHESF), em Sobradinho, na última sexta-feira(10), o nível chegou a quase 5 metros, e no último final de semana voltou para os 4 metros.

Dona Maria Alice destaca, que o rio já chegou a quase o mesmo nível registrado no final de 2018,  quando subiu 4,75 metros.

Parte desse aumento das águas é resultado das chuvas na cabeceira do rio em Minas Gerais somadas as chuvas na região neste mês de janeiro.

De acordo com as últimas informações da Chesf, o Lago de Sobradinho atualmente está com 30,02% do volume útil, uma afluência de 1150 (m3/s) e defluência de 899 (m3/s).

Curta a nossa página no Facebook e recebe conteúdos exclusivos. Nos mande uma mensagem pelo WhatsApp: (87) 98816-1881.

Projeto de Integração do Rio São Francisco recebeu mais de R$ 1,3 bilhão, em 2019

Projeto de Integração do Rio São Francisco (Foto: Divulgação/Ministério do Desenvolvimento Regional)

Mais de R$ 1,3 bilhão foram investidos pelo Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) nas obras e ações dos eixos principais do Projeto de Integração do Rio São Francisco, em 2019. Os recursos foram concentrados principalmente na recuperação de etapas que já apresentavam 100% de execução física, mas que exigiram intervenções e reparos no sistema, a exemplo do Dique Negreiros, no Eixo Norte, e da Barragem Cacimba Nova, no Eixo Leste, com objetivo de avançar na conclusão do maior empreendimento hídrico em construção no país.

“Felizmente, as águas do ‘Velho Chico’ voltaram a percorrer os trechos e estão seguindo rumo aos estados que serão contemplados nos dois eixos – Norte e Leste”, disse o ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto, ao fazer um balanço das ações realizadas no âmbito do projeto, no ano passado. O avanço da água, porém, só foi possível após a realização de diagnósticos, serviços e reparos nas duas estruturas – Dique 1217 e Cacimba Nova, ambos em Pernambuco – construídas, respectivamente, entre 2013 e 2015 e no período de 2012 a 2014.

Projeto sobre implantação de teleférico entre Petrolina e Juazeiro deve ser votado nesta terça na Câmara de Vereadores

A exemplo da ponte Presidente Dutra, o teleférico terá uma extensão em torno de 800 metros.

Nesta terça-feira (17), os vereadores de Petrolina (PE) devem apreciar o Projeto de Lei 098/2017, de autoria de Osório Siqueira, presidente da Câmara Municipal. A proposição autoriza o Poder Executivo a realizar estudos para implantação de um teleférico, com embarque e desembarque sobre o Rio São Francisco, entre Petrolina e Juazeiro (BA).

De acordo com o projeto, a prefeitura de Petrolina deverá estabelecer parceria com a cidade de Juazeiro para consecução do serviço. Além disso, a exploração do teleférico poderá ser a partir de uma Parceria Pública Privada (PPP) ou de um Processo de Concessão Pública.

O Projeto de Lei determina, ainda, que o teleférico deverá transportar passageiros exclusivamente com finalidade turística, para apreciação da vista entre as duas cidades sobre o Rio São Francisco.

Atividade educativa realizará plantio de mudas nativas no Parque Fluvial em Juazeiro nesta terça-feira

(Foto: Ascom/PMJ)

A Prefeitura, através da Secretaria de Obras e Desenvolvimento Urbano/SEDUR realiza nesta terça-feira (18), a partir das 8h, a oficina educativa, ‘Plantando a vida, recuperando a cidadania’, na Orla Fluvial, e contará com a participação dos alunos da rede municipal de ensino. A ação tem como foco a preservação do Rio São Francisco por meio da recuperação da mata ciliar e plantio de novas mudas nativas.

A ação faz parte das atividades desenvolvidas dentro do cronograma da Meta 1, voltada para a educação ambiental, do Parque Fluvial. Durante o evento serão plantadas parte das 600 mudas de plantas nativas, de grande porte e arbustivas, previstas no projeto da obra.

Parque Fluvial

A obra do Parque Fluvial é uma iniciativa da Prefeitura de Juazeiro, através da SEDUR, fruto de uma parceria do Fundo Nacional de Meio Ambiente (FNMA) do Ministério do Meio Ambiente e do Fundo Socioambiental da Caixa Econômica Federal. A intervenção tem como objetivo promover a revitalização física e paisagística de toda a área considerada como degradada da orla fluvial, no trecho entre o muro da Marinha e o início do bairro Angari.

Até o momento já foram executadas a implantação de academias da saúde, parques infantis, pista de skate, pista de Cooper, ciclovia em toda a extensão do parque, recuperação do campo de esportes, das quadras poliesportivas e de areia, implantação de novas escadarias de acesso e rampa de acessibilidade, implantação do piso em intertravado e pintura do teto na área do Terminal hidroviário, iluminação em LED, as barracas que ficavam próximas à Marinha, já foram retiradas da margem do rio por questões ambientais e serão ordenadas e padronizadas na área da calçada que será ampliada. Atualmente está em execução os serviços de paisagismo e troca do guarda corpo por uma releitura da antiga balaustrada.

Equilíbrio ecológico: prefeitura de Petrolina libera mais de 15 mil peixes no Rio São Francisco

(Foto: Alexandre Justino)

A Prefeitura de Petrolina liberou nesta quinta-feira (7) cerca de 15 mil alevinos do trecho do Rio São Francisco na cidade. A iniciativa da gestão municipal pelo equilíbrio ecológico do Velho Chico faz parte do projeto da prefeitura ‘Orla Nossa’, coordenado pela Agência Municipal de Meio Ambiente (AMMA).

A ação contou com parceria da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), a Marinha e os pescadores. Foram lançados peixes recém nascidos das espécies piau verdadeiro e pacumã. Desde o início do projeto, já foram liberados 250 mil alevinos, colaborando para a preservação e manutenção dos estoques pesqueiros do rio.

Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco realizará Oficina de Sustentabilidade Hídrica do Semiárido em Petrolina

Nos dias 07 e 08 de novembro, o Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco (CBHSF) vai realizar em Petrolina (PE), a Oficina de Sustentabilidade Hídrica do Semiárido. O evento vai acontecer na Faculdade de Ciências Aplicadas e Sociais de Petrolina (Facape).

A oficina terá início no dia 7, a partir das 8h30, e vai abordar temáticas voltadas para a utilização da água, energia solar para agricultura familiar, agricultura sustentável, além de dar espaço para a apresentação de experiências exitosas de convivência com o seminário. No dia 8, o evento será encerrado às 17h com uma visita às dependências do Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada (IRPAA), em Juazeiro (BA).

Baronesas são removidas do Rio São Francisco e mutirão intensifica limpeza na Orla de Petrolina

(Foto: Ascom/PMP)

A Prefeitura de Petrolina realiza mutirão de limpeza na Orla da cidade, durante esta semana. Cerca de 1 quilômetro de faixa do rio receberá o programa ‘Cidade Mais Limpa’. Estão sendo realizados os serviços de capina, retirada de ervas daninhas e remoção das baronesas na extensão das orlas I e II.

O trabalho está sendo executado por uma equipe composta por sete pessoas que, manualmente, irão retirar as baronesas de dentro do rio, e também com uma máquina motoniveladora.

“Estamos trabalhando intensamente para retirar as baronesas do local e possibilitar uma área de banho mais agradável e com menos plantas aquáticas. A vazão do rio tinha aumentado na última semana e com a defluência, mais plantas ficaram alojadas no local, estamos acelerando os trabalhos para que, o quanto antes, possamos concluir o trabalho”, afirma o secretário executivo de Serviços Públicos, Alisson Oliveira.

Vazão de hidrelétrica de Xingó pode evitar contaminação de óleo no São Francisco

(Foto: Internet)

Nesta semana, foram encontradas manchas de petróleo na foz do Rio São Francisco em Alagoas. Para evitar a contaminação do rio pela mancha de óleo avistada em diversas localidades do litoral da Região Nordeste, a Agência Nacional de Água (ANA) disse, nesta sexta-feira (11), que existe a possibilidade de se usar as águas do Velho Chico para evitar a contaminação do próprio rio.

De acordo com a ANA, existe a possibilidade de aumentar a vazão da usina hidrelétrica de Xingó no Rio São Francisco, na divisa entre Alagoas e Sergipe, de 800 metros cúbicos por segundo (m³/s), para 1.300 m³/s, caso seja identificado risco de contaminação da água do rio na região próxima à foz pelo óleo disperso no litoral nordestino.

O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) é o órgão responsável por identificar a possibilidade de contaminação da água do São Francisco.

Petrolina: carro com motorista e passageiros cai no rio são francisco e ninguém fica ferido

Um carro caiu no Rio São Francisco, na tarde de ontem (5), num ponto de travessia de Petrolina (PE) para a Ilha do Rodeadouro. Motorista e passageiros estavam dentro do veículo, mas não ficaram feridos. O veículo transportava um jet ski acoplado na traseira.

As imagens que circulam nas redes sociais, mostram o momento em que os passageiros são resgatados, e o veículo é “engolido” pelas águas do Velho Chico. Pelo vídeo percebe-se que o trecho é profundo.

Informações preliminares dão conta que o motorista iria desengatar a moto aquática, quando  o carro invadiu as águas do rio. Ainda não há informações oficiais sobre o que provocou o acidente. Outro vídeo divulgado por populares, mostra homens tentando tirar o veículo do rio. Até o momento o Blog Waldiney Passos não conseguiu confirmar se a tentativa obteve êxito.

Baixa temperatura do Rio São Francisco afeta pesca em Juazeiro e Sobradinho

(Foto: Reprodução/TV São Francisco)

A temperatura do Rio São Francisco está diminuindo a produção de peixes nos municípios baianos de Juazeiro e Sobradinho. Cerca de 1.200 pescadores cadastrados na terra da barragem estão sentindo a queda nas pescas e isso afeta a economia da comunidade.

Segundo Adolfo Pinheiro, vice-presidente da Colônia de Pescadores de Sobradinho, em épocas normais cada pescador pesca em média de 10 a 15 kg. Atualmente eles conseguem apenas a produção para consumo deles mesmos do dia. “Agora já vem correndo e tem dia mesmo que não pega, só pega pra comer“, disse.

Questões ambientais e climáticas são os motivos para a baixa temperatura do rio, como explica a ambientalista Mary Ann Saraiva. “Como a água está fria a fisiologia do peixe fica reduzida, eles ficam em águas mais aquecidas e deixam de vir à superfície”, comentou. Em Juazeiro a produção caiu cerca de 60%. (Com informações do Bahia Rural).

Homem desaparece ao tentar buscar canoa no Rio São Francisco

(Foto: Reprodução/TV Grande Rio)

Um homem desapareceu na noite do último domingo (15) em Belém do São Francisco (PE). Segundo a Polícia Civil, Cícero Pedro Ferreira dos Santos, de 35 anos, estava na orla da cidade, quando uma canoa se soltou da margem do Rio São Francisco.

“Nosso Rio”: Petrolina ganha programa de proteção ao Velho Chico

Município deve promover ações de proteção ao Velho Chico (Foto: Ascom/PMP)

Desde o rompimento da barragem do Córrego Mina do Feijão, em Brumadinho (MG) no começo do ano, a preocupação com o rio São Francisco é constante. No primeiro semestre desse ano a Câmara de Vereadores de Petrolina montou uma comissão especial, viajou ao local e elaborou um relatório que ajuda pesquisadores a entender melhor a situação.

Também de autoria da Câmara surgiu um projeto que trata da proteção do Velho Chico. A lei n° 3.213/2019 institui o Program Nosso Rio e foi sancionada no dia 15 de julho pelo presidente da Casa Plínio Amorim, Osório Siqueira (PSB), cumprindo a Lei Orgânica Municipal – caso o prefeito não sancione, seu silêncio representará sanção da matéria.

Proposta pelo vereador Ronaldo Cancão (PTB), a lei quer ações concretas de preservação do rio. “Esse projeto coloca uma série de restrições e dá a AMMA o poder de fiscalização mais contundente. Trata de esgoto sanitário, reposição da mata ciliar, construções que vão de encontro ao projeto que trata da proteção das margens e além disso, traz sugestões que tratam da proteção”, disse ao Blog Waldiney Passos.

ANA emite nota e esclarece valores para uso de água na Bacia do São Francisco

A Agência Nacional de Águas (ANA) emitiu uma nota sobre a atualização dos valores da cobrança pelo uso dos recursos hídricos na Bacia do São Francisco. De acordo com a ANA, as novas taxas foram definidas em uma reunião do Comitê da Bacia Hidrográfica (CBHSF) com o Conselho Nacional de Recursos Hídricos (CNRH).

“A justificativa para o reajuste foi a necessidade de atualização dos valores, que foram definidos em 2008 e vigoraram até 2018 sem nenhuma atualização. Outra motivação para o reajuste, foi a necessidade de atendimento às metas de investimentos na bacia definidas no Plano de Recursos Hídricos da Bacia”, informou a ANA.

De acordo com a Agência, produtores podem solicitar desconto e rever alguns pontos determinados pelo Governo Federal, a fim de não serem prejudicados. Até 2018 a taxa cobrada na irrigação era de de R$ 0,00065 por metro cúbico e passou a ser de R$ 0,00188/m³ nesse ano.

Confira a nota da ANA:

Pernambuco lança edital para implantação de sistemas de abastecimento de água ao longo dos ramais da transposição

Canal da Transposição do Rio São Francisco, no município de Floresta (Foto: Divulgação/MDR)

O Governo de Pernambuco, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Agrário (SDA), lançou, nesta quinta-feira (17), o edital de licitação para construção dos sistemas de abastecimento de água do Programa de Integração do São Francisco (Pisf). O programa contempla obras complementares à transposição do Rio São Francisco, que vão beneficiar 12 mil pessoas residentes às margens dos canais Norte e Leste da transposição. A previsão para a conclusão das obras é de até 24 meses, após assinatura da ordem de serviço.

Com um investimento total de R$ 93 milhões, o programa prevê a implantação de 42 sistemas de abastecimento, beneficiando 108 localidades, entre assentamentos, comunidades rurais e quilombolas localizadas a até cinco quilômetros das margens dos canais Norte e Leste da transposição. “Essas comunidades vivem hoje numa situação extremamente precária do ponto de vista hídrico e passarão a contar, com a implantação desses sistemas, de água tratada nas torneiras de suas residências”, destacou o secretário de Desenvolvimento Agrário, Dilson Peixoto.

Pernambuco recebe comitiva da ANA para tratar sobre Projeto de Integração do Rio São Francisco

Representantes da Apac, Compesa e Secretaria de Desenvolvimento Agrário participaram do encontro.

O Governo de Pernambuco prossegue com o trabalho para definir as demandas hídricas que serão supridas pelo Projeto de Integração do Rio São Francisco (PISF) em nosso Estado. Nessa quarta-feira (10), a secretária executiva de recursos hídricos de Pernambuco, Simone Rosa, recebeu uma comitiva da Agência Nacional de Águas (ANA) para tratar sobre o tema.

O encontro, composto também por representantes da Apac, Compesa e Secretaria de Desenvolvimento Agrário, tratou sobre as condições de prestação do serviço de adução de água bruta do PISF, como por exemplo, a elaboração do Plano Operativo Anual, que é a formalização da encomenda de água do São Francisco ao Operador Federal.

A partir deste ano, o POA deverá conter uma estimativa da demanda das vazões máxima, média e mínima a serem utilizadas pelo Operador Estadual nos anos de 2020, 2021 e 2022 pelos usuários dos municípios pernambucanos que serão beneficiados pelo projeto.

123