Corpo de Bombeiro resgata jovens no Rio São Francisco após caiaques virarem

(Foto: Reprodução/Internet)

Um domingo de muito trabalho para os Salva-vidas do 9º Grupamento de Bombeiro Militar de Juazeiro. De acordo com o Tenente-Coronel Tarcísio Ribeiro, comandante do 9º GBM, quatro jovens precisaram ser resgatados, na tarde deste domingo (27), das águas do Rio São Francisco após os caiaques onde eles estavam virarem.

Foram duas ocorrências diferentes. A primeira ocorreu por volta das 15h15. Salva-vidas que estavam na Orla de Juazeiro foram acionadas e resgataram Joanderson da Silva Santos, de 22 anos, e Lucas Pereira Oliveira, de 25 anos. Os dois passeavam de caiaque quando o vento virou o equipamento.

LEIA MAIS

Homem morre afogado na Ilha do Rodeadouro nesta sexta-feira

(Foto: 9º GBM)

O afogamento aconteceu por volta das 4h30 da madrugada, desta sexta-feira (18), quando Carlos Pereira da Silva, resolveu tomar um banho no ancoradouro da Ilha. O homem de 63 anos trabalhava como pedreiro na Ilha e foi encontrado já sem vida, por volta das 6h da manhã do mesmo dia, por pescadores e colegas que trabalhavam com ele.

Mergulhadores do 9º Grupamento de Bombeiro Militar transportaram o corpo da Ilha até a margem do Rio São Francisco, onde o mesmo foi removido por funcionários do Departamento de Polícia Técnica para Instituto de Medicina Legal (IML), em Juazeiro. Não há informações sobre o que teria motivado o afogamento da vítima.

Vazão do Reservatório de Sobradinho passa a ser de 2.300 m³/s a partir de hoje

Chesf orienta população ribeirinha para não ocupar margens do rio (Foto: André Schuler/Chesf)

A partir dessa terça-feira (15) a vazão de Sobradinho (BA) passa a ser de 2.300 m³/s. A elevação foi autorizada pela Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf) desde o final de semana. Inicialmente o volume de saída que estava vigorando desde sábado (12) era de 1.100 m³/s.

Segundo a Chesf, o Reservatório de Sobradinho seguirá operando com vazão de 2.300 m³/s até nova avaliação. Tal medida se fez necessária para a manter o nível do reservatório de Itaparica (BA) num valor mínimo de 30% de seu volume útil.

Nesse meio tempo a Companhia alerta as comunidades ribeirinhas, para que não ocupem as margens do rio São Francisco. “Em situação de emergência, as Usinas de Sobradinho e Xingó poderiam praticar vazões na ordem de 4.200 m³/s e 3.000 m³/s, respectivamente“, alerta a Chesf.

Irmãos que morreram afogados em Santa Maria da Boa Vista foram enterrados nesta sexta-feira

(Foto: Jacinto)

Os irmãos Pedro e Jeová, com idades entre 13 e 15 anos, foram sepultados já na noite desta sexta-feira (11), no cemitério do Centro da cidade de Santa Maria da Boa Vista, em Pernambuco, sob um clima de muita comoção. Uma multidão a pé, de carro e de moto acompanhou o cortejo pelas ruas da cidade.

Os adolescentes tomavam banho no  Rio São Francisco, na tarde de quinta-feira (10) quando se afogaram. O Corpo de Bombeiros foi acionado e os corpos foram localizados ainda na tarde de quinta-feira, apesar das dificuldades encontradas pelos mergulhadores. Os Bombeiros informaram que a principal dificuldade em encontrar as vítimas foi a água de cor escurecida.

Chesf volta a elevar vazão da barragem de Sobradinho a partir deste sábado

(Foto: André Schuler/Chesf)

Os ribeirinhos precisam ficar em alerta. O nível da água no Rio São Francisco, abaixo da barragem de Sobradinho volta a aumentar a partir deste sábado (12). Segundo a Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf), o motivo do aumento da vazão na barragem é a necessidade de manutenção do nível do reservatório de Itaparica (BA) num mínimo de 30% de seu volume útil.

Por conta disso, a Chesf vai praticar, a partir de hoje, aumento gradativo da vazão de Sobradinho, passando dos atuais 1.100 m³/s até chegar a 2.300 m³/s na terça-feira, dia 15. Essa defluência média diária irá permanecer até nova avaliação.

LEIA MAIS

Espécie ameaçada de extinção é recolocada no Rio São Francisco

(Foto: Codevasf)

A Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), está tentando com que o pacamã, uma espécie nativa do rio São Francisco não desapareça das águas do velho chico. Ameaçada de extinção no Médio São Francisco, essa espécie de peixe está reaparecendo na região a partir de um trabalho de pesquisa, produção e repovoamento por meio de peixamentos.

Na última quinta-feira (26), a Companhia introduziu cerca de 57 mil alevinos de pacamã em trechos do rio nos municípios baianos de Bom Jesus da Lapa e de Xique-Xique, ambas na Bahia. A reintrodução da espécie é fruto do trabalho do Centro Integrado de Recursos Pesqueiros e Aquicultura de Xique-Xique da Codevasf.

LEIA MAIS

Vazão do Reservatório de Sobradinho será novamente reduzida

(Foto: Reprodução/Internet)

A partir dessa quarta-feira (2) o Reservatório de Sobradinho (BA) está operando com nova vazão. A Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf) passou a trabalhar com 1.400 m³/s e a previsão é chegar a 1.100 m³/s amanhã (3).

O anúncio foi feito pelo diretor de Operação da Companhia, João Henrique Franklin, durante entrevista a Rádio Jornal Petrolina. Ele ressaltou que até ontem (1°) o Reservatório tinha 51% da sua capacidade, volume considerado bom. “É um cenário diferente daquele que atravessamos em 2015, quando chegamos a 1% à época”, disse no programa Super Manhã com Waldiney Passos.

As constantes reduções, no entanto, não impedem a Chesf de aumentar as vazões. Tudo vai depender do nível de chuvas em 2021. “Passamos muitos anos com o rio seco, agora o Rio São Francisco está reocupando sua calha”, finalizou.

Chesf vai reduzir vazão da barragem de Sobradinho neste sábado

(Foto: André Schuler)

Atualmente com uma vazão diária de 2.900 m³/s, a Companhia Hidrelétrica do São Francisco (Chesf) informou, através de carta circular, que a partir deste sábado (21) vai reduzir o volume de água que está sendo liberado pelas turbinas da barragem de Sobradinho para 2.600³/s.

O volume que vem sendo liberado atualmente cobriu parte das ilhas que são exploradas por nativos e turistas, alagou plantações e invadiu algumas casas em bairros como o Angary, em Juazeiro (BA).

Aumento na vazão de Sobradinho faz água do Velho Chico encobrir áreas ribeirinhas e parte das Ilhas do São Francisco

Em atendimento às diretrizes do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), a Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf) desde a última sexta-feira, 30 de outubro, vem aumentando gradativamente a vazão do Rio São Francisco, a partir do Reservatório de Sobradinho (BA).

O volume liberado que era de 800 metros cúbicos por segundo (m³/s) passou  1.100 m³/s e até amanhã, 4 de novembro deve chegar a 2.600 m³/s.

LEIA TAMBÉM

Sobradinho terá maior vazão em 7 anos

Será a maior vazão liberada por Sobradinho em sete anos, período em que a Bacia do Rio São Francisco enfrentou escassez hídrica. A ação vem provocando enchente abaixo da barragem de Sobradinho. Vejam a cima as fotos que circulam nas redes sociais.

A areia que fica em frente as barracas da Ilha do Rodeadouro, já está submersa. A faixa de areia da Ilha do Fogo, entre Juazeiro e Petrolina, também já está encoberta, a pista para caminhada na parte de baixo da orla de Juazeiro também já está embaixo de água e a estátua do Nego D´água que até outro dia estava sem um pingo de água ao redor, já está se “banhando” nas águas do Velho Chico.

A Chesf destaca a importância de a população não ocupar as áreas ribeirinhas situadas na calha principal do rio, entre o trecho de Sobradinho até a foz, com o objetivo de garantir a segurança de todos.

Sobradinho terá maior vazão em 7 anos

(Foto: André Schuler)

Em atendimento às diretrizes do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), a Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf) informa que, a partir da próxima sexta-feira, 30 de outubro de 2020, a vazão do Rio São Francisco, a partir do Reservatório de Sobradinho (BA) passará de 800 metros cúbicos por segundo (m³/s) para  1.100 m³/s e será gradualmente elevada até chegar a 2.600 m³/s no dia 4 de novembro de 2020.

Essa será a maior vazão liberada por Sobradinho em sete anos, período em que a Bacia do Rio São Francisco enfrentou escassez hídrica. O próximo período chuvoso começa em novembro deste ano e termina em abril de 2021.

O Reservatório de Itaparica, da Usina de Luiz Gonzaga (PE), está sendo monitorado para manter seu volume útil no patamar de 30%. A vazão de Xingó (SE) será mantida em 2.300 m³/s, podendo chegar a 3.000 m³/s, a depender da necessidade de atendimento ao Sistema Interligado Nacional – SIN.

A Chesf destaca a importância de a população não ocupar as áreas ribeirinhas situadas na calha principal do rio, entre o trecho de Sobradinho até a foz, com o objetivo de garantir a segurança de todos.

Santa Maria da Boa Vista: Duas pessoas morrem após barco virar no Rio São Francisco

O domingo foi de tragédia nas águas do Rio São Francisco. Durante a tarde, um adolescente de 17 anos, identificado por Jermeson, morreu afogado na região do Distrito de Itamotinga, município de Juazeiro, região norte da Bahia. Também durante a tarde, outras duas pessoas morreram afogadas do lado pernambucano do Rio, no município de Santa Maria da Boa Vista, sertão de Pernambuco.

Segundo informações da Rádio Boa Vista FM, uma canoa que viajava com várias pessoas virou próximo ao Assentamento José Evaldo I, interior do município. Um adolescente de 13 anos e um homem de 30 anos não sobreviveram.

Os moradores de localidades próximas e homens do Corpo de Bombeiros, que foram acionados pela rádio fizeram buscas e encontraram os corpos. Até o fechamento dessa matéria não tínhamos informações sobre os nomes e nem o estado de saúde dos outros ocupantes do barco.

Adolescente morre afogado na região de Itamotinga, em Juazeiro, na tarde deste domingo

Rio São Francisco, região de Itamotinga, Juazeiro-BA. (Foto: Blog Waldiney Passos)

Um adolescente de 17 anos de idade morreu afogado na tarde deste domingo (18), na região do Distrito de Itamotinga, município de Juazeiro, norte da Bahia.

Segundo informações de populares, o jovem, de nome Jermeson, fez aniversário neste sábado (17) e passou a noite bebendo. Hoje, saiu do povoado do Periquito, também na zona rural de Juazeiro, onde mora, e foi com os amigos tomar banho nas águas do Rio São Francisco.

Depois de passar algumas horas ingerindo bebida alcoólica, o adolescente mergulhou e não voltou a superfície. Os próprios colegas fizeram buscas e encontraram o jovem já sem vida. O corpo está as margens do rio a espera da chegada da Polícia Técnica para ser levado para o IML.

Afogamento na Ilha do Rodeadouro hoje à tarde (20)

Segundo informações de frequentadores da Ilha do Rodeadouro, um homem que ainda não teve o nome divulgado, morreu afogado nas águas do Rio São Francisco, quando tomava banho do lado petrolinense da ilha.

Militares do Corpo de Bombeiros que estavam no local tentaram reanimá-lo, mas não tiveram êxito. A alta temperatura do domingo atraiu uma multidão para as ilhas do São Francisco, causando aglomerações e desrespeitando as normas de distanciamento por causa do novo coronavírus.

Vazamento em obra de transposição do rio São Francisco faz governo retirar pessoas de comunidade do Ceará

Eixo Norte do Projeto de Integração do rio São Francisco (Foto: Ministério da Integração)

Cerca de 2.000 pessoas tiveram de ser evacuadas na madrugada deste sábado (22) nas proximidades da Barragem Jati, que fica no município de Jati, na região sul do Ceará (cerca de 530 km de Fortaleza). Na sexta-feira (21), uma tubulação se rompeu e gerou um vazamento na obra, que faz parte do Eixo Norte do Projeto de Integração do rio São Francisco, inaugurado no último dia 26 de junho pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

Mais cedo, o MDR havia divulgado nota informando que o vazamento estava contido. “A situação no local está estabilizada após o fechamento da comporta”, dizia o texto. “Equipes técnicas da pasta mantêm os trabalhos em campo para verificar danos à estrutura e avaliar necessidades de reparos.”

Contudo, durante a noite os habitantes cujas casas ficam num raio de 2 km da barragem começaram a ser avisados da evacuação por meio de carros de som. Alguns também foram procurados diretamente em casa por profissionais da Defesa Civil e da operadora do reservatório. Os moradores estão sendo levados para hotéis, pousadas e alojamentos na região. Outros, preferiram ir para casas de parentes e amigos que moram mais distante da barragem.

De acordo com o Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), a medida é preventiva e segue o Plano de Ação Emergencial do empreendimento. “A prioridade é garantir a segurança da população”, diz o órgão. “Apesar de o vazamento já ter sido contido, existe a dificuldade de avaliação técnica da estrutura, por conta da falta de iluminação neste momento”
Segundo a Secretaria de Recursos Hídricos do Ceará, a Barragem Jati atingiu nesta semana 27.293 milhões de metros cúbicos (98,5 % da capacidade total).

Na última quinta-feira (20), foi feito o acionamento das comportas do reservatório para que ele começasse a abastecer o Cinturão das Águas, que levará as águas do rio São Francisco até o Açude Castanhão, que abastece Fortaleza e outras cidades próximas. A operação ainda estava em teste.

Qualidade da água do Rio São Francisco melhorou depois de ações do município, diz prefeitura de Petrolina

(Foto: Ascom/PMP)

O projeto Orla Nossa da prefeitura de Petrolina há três anos vem realizando ações no Rio São Francisco e segunda a prefeitura, o trabalho conseguiu melhorar a qualidade da água e possibilitar um habitat propício ao desenvolvimento da fauna e da flora do Velho Chico.

Para chegar a esse resultado, a Agência Municipal do Meio Ambiente (AMMA) fechou 70% dos esgotos clandestinos e tratou do solo da margem do rio que estava contaminado. Ao longo do projeto, a prefeitura pode perceber um aumento no número de espécies de aves, além de capivaras e jacarés do papo amarelo que são encontrados e se reproduzem no trecho.

No início do projeto, um índice alarmante encontrado foi a taxa de oxigênio diluído. Em 2017, o trecho Orla possuía a taxa de oxigenação de 1,3 mg/L, após tratamento realizado subiu para 8.1 mg/L. O índice adequado pelo Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama) é de, no mínimo, 6 mg/L. Isso representa um aumento de quase 600% na melhoria da qualidade da água.

O trabalho, iniciou com 5 quilômetros de extensão, mas atualmente a prefeitura cuida de cerca de 12 quilômetros de faixa de terra ribeirinha, além de monitorar a qualidade da água e realizar peixamentos que ajudam a restabelecer o equilíbrio natural do trecho do Rio São Francisco.

123