Prefeitura de Juazeiro prepara compra de 150 mil testes da Covid-19

A Prefeitura de Juazeiro ampliará a detecção da Covid-19 com a aquisição de 150 mil kits testagem – entre testes rápidos e RT-PCR. O processo de licitação já está em andamento e o objetivo é ajudar a reforçar as ações da Secretaria de Saúde (Sesau) na detecção precoce da doença, permitindo maior controle do vírus no município e assistência aos infectados.

“Desde o início da gestão temos investido em ações de combate à Covid-19 e, nesse momento, partimos para reforçar as testagens para detecção do vírus. Nosso objetivo é intensificar ainda mais essas ações contra o coronavírus, dando maior assistência e controle da doença em Juazeiro“, destaca o secretário de Saúde, Fernando Costa.

LEIA MAIS

Alerta: duas variantes da covid-19 são identificadas em Salgueiro

(Foto: Divulgação)

Duas variantes brasileiras do coronavírus foram identificadas em Salgueiro, no Sertão de Pernambuco. A informação foi confirmada pela Prefeitura, nesta quarta-feira (12). Em nota, a Secretaria de Saúde informou que há a variante de Manaus (P1) e uma do Rio de Janeiro (P2).

Essas variantes possuem maior potencial de contágio e disseminação. “A descoberta foi feita pelo Laboratório Central de Saúde Pública de Pernambuco, que fez coletas em 15 de fevereiro através do exame RT-PCR, e identificou a presença desses novos genomas em dois pacientes, conforme resultado recebido em 10 de maio“, diz a Prefeitura.

Cuidado redobrado

Diante da confirmação, há uma necessidade de manter os cuidados, para evitar novos registros da variante na cidade. “Reforçamos a importância da colaboração da população neste momento. O combate só será efetivo com o cumprimento das medidas sanitárias, distanciamento social, uso de máscara e higienização constante“, orienta a gestão.

Petrolina confirma mais 176 casos e 6 mortes por covid na terça-feira

Petrolina confirmou mais 176 casos de covid na terça-feira (11). O boletim de ontem, divulgado nesta manhã de quarta-feira (12), também registra mais seis mortes por covid. Em números totais, são 25.455 pacientes infectados, 21.673 recuperados e agora, 394 óbitos.

Novos casos

82 dos novos pacientes são do sexo masculino, com idades de três a 85 anos, e 94 do sexo feminino, com idades de dois a 71 anos. Já as mortes são de quatro homens (77, 55, 37 e 35 anos) e duas mulheres (71 e 58 anos). Segundo a Prefeitura, apenas os de 55 e 35 anos não tinham histórico de comorbidades. Os óbitos aconteceram entre 21/04 a 10/05.

Ocupação dos leitos

A taxa de ocupação dos leitos de UTI ficou em 85%. Dos 80 leitos, 68 estão ocupados. 45 pacientes são de Petrolina e 23 de outras cidades da região.

Outras informações

  • Casos investigados: 1.606 pessoas sendo monitoradas, há possibilidade de estarem infectadas;
  • Casos por raça/cor: nove pessoas se declaram pretas, 121 pardas, três amarelas, 40  brancas e três optaram por não declarar;
  • Casos descartados: Até agora, 95.159 casos já foram descartados. As pessoas que foram testadas tiveram resultados negativos;
  • Casos ativos: O município tem 3.388 casos ativos do novo coronavírus.

Justiça Federal manda Estado e União destinarem vacinas contra covid à índios Pankararu, em Petrolândia

(Foto: Associação dos Índios)

A Justiça Federal determinou, que Pernambuco e a União garantam a prioridade na vacinação contra a Covid-19 do povo indígena Pankararu da Aldeia Angico, em Petrolândia, no Sertão do Estado. A decisão vem após a não inclusão do grupo no Plano Nacional de Imunização (PNI).

A decisão da Justiça, proferida na segunda-feira (10), estipula o prazo de 20 dias para fornecimento das vacinas, sob pena de multa diária de R$ 50 mil em caso de descumprimento. Em nota, a Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) informou que aguarda a chegada de novas remessas, para vacinar os indígenas. “Desta forma, a Secretaria Estadual de Saúde informa que já repassou ao DSEI de Pernambuco as doses da vacina contra a Covid-19 destinadas a todo o grupo de aldeados“, diz a pasta em nota enviada à Folha de Pernambuco.

Comunidade tradicional

A Justiça havia intimado o Ministério Público Federal (MPF) a apresentar manifestação no âmbito de uma ação movida contra a União pela não inclusão do povo indíginea no PNI. Na justificativa, o procurador da República André Estima informou que, embora a região ocupada pela aldeia Angico não seja terra indígena ou área de reserva demarcada, a comunidade existe e vive de modo tradicional.

Confira a seguir a nota da SES-PE:

LEIA MAIS

Ministro da Saúde anuncia compra de mais 100 milhões de doses da Pfizer

(Foto: REUTERS/Dado Ruvic)

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga informou, no final da tarde de terça-feira (11), que o Governo Federal adquiriu mais 100 milhões de doses da vacina Pfizer/BioNTech. Elas serão utilizadas no Programa Nacional de Imunização (PNI), sendo investidos R$ 5,5 bilhões.

Cerca de R$ 1,68 bilhão serão destinado à Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), para a fabricação, em território brasileiro, de 50 milhões de doses da vacina da AstraZeneca. Os R$ 3,82 bilhões restantes serão usados na compra da Pfizer.

“O presidente me incumbiu de impulsionar nossa campanha de vacinação. E é isso que estamos fazendo. O Brasil já é o quinto país que mais distribui vacinas à sua população. Nas mais de 38 mil salas de vacinação, nós temos o potencial de vacinar mais de 2,4 milhões de brasileiros por dia“, disse o ministro.

Previsão de entrega

Na previsão do titular da Saúde, as doses devem ser entregues ainda em 2021. “Essas vacinas serão entregues ainda neste ano. Mais de 30 milhões no mês de setembro e as demais, até dezembro. Então, temos vacinas, de reconhecida eficácia, comprovadas pelas agências sanitárias mais rigorosas do mundo e vamos vacinar todos os brasileiros”, acrescentou.

Prefeitura de Juazeiro começou a entrega da medicação a pacientes com glaucoma

 

A Prefeitura de Juazeiro recebeu os kits de medicação para pacientes com glaucoma, uma doença ocular caracterizada por alteração do nervo óptico com perda de campo visual.

A Secretaria de Saúde (Sesau) agenda as consultas e os pacientes são encaminhados ao Instituto de Olhos do Vale do São Francisco para acompanhamento médico.  Por conta da pandemia, as consultas e exames não estão acontecendo, mas a medicação está garantida.

LEIA MAIS

Secretaria de Saúde de Petrolina oferece novo método de prevenção à infecção pelo HIV (PrEP)

A Secretaria da Saúde em Petrolina, iniciou no Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA)/SAE – Espaço Vida, a aplicação de um novo método de prevenção à infecção pelo HIV. A Profilaxia Pré-Exposição ao HIV, chamada de (PrEP), consiste na tomada diária de um comprimido que impede que o vírus causador da AIDS infecte o organismo, antes mesmo da pessoa ter contato com o vírus.

A PrEP é indicada para pessoas que tenham maior chance de entrar em contato com o HIV. Alguns grupos que podem fazer o uso deste medicamento são: gays e outros homens que fazem sexo com homens (HSH); pessoas trans; trabalhadores (as) do sexo; pessoas que frequentemente deixam de usar camisinha em suas relações sexuais; pessoas que tenham relações sexuais sem camisinha com alguém que seja HIV positivo e que não esteja em tratamento; pessoa que faz uso repetido de PEP (Profilaxia Pós-Exposição ao HIV) ou apresenta episódios frequentes de Infecções Sexualmente Transmissíveis.

LEIA MAIS

Após paralisação dos profissionais da limpeza pública, Prefeitura de Juazeiro vai iniciar vacinação da categoria 

Os profissionais da limpeza pública do município de Juazeiro, no Norte da Bahia, paralisaram suas atividades na manhã desta terça-feira (11). A categoria cobra o início da vacinação contra a Covid-19 dos profissionais da coleta de lixo e varrição.

De acordo com representante do Sindicato dos Trabalhadores em Limpeza Intermunicipal Juazeiro e Região (Sindlimp), Jamay Damasceno, em entrevista ao Blog Preto no Branco, no último dia 04 o sindicato enviou a gestão municipal um ofício solicitando o início da imunização dos profissionais, mas até o momento não houve respostas.

Após a paralisação dos servidores, a secretaria de saúde emitiu uma nota afirmando que está fazendo o levantamento do número de trabalhadores acima de 40 anos, para realizar a vacinação.

Juazeiro registra três óbitos e 59 novos casos da Covid-19 nesta terça-feira

Juazeiro registrou três óbitos por complicações da Covid-19 e 59 casos do novo coronavírus nas últimas 24 horas. A informação está no boletim epidemiológico da Secretaria Municipal de Saúde (Sesau) desta terça-feira (11).

De acordo com o levantamento, 14.011 moradores foram infectados desde o início da pandemia na cidade, dos quais 13.483 já estão recuperados. Os casos descartados somam 24.530. Juazeiro tem 274 casos ativos do novo coronavírus.

Os óbitos por Covid-19 que constam no boletim são de pessoas de 45, 51 e 75 anos. Duas mortes foram em hospitais particulares em Petrolina e a outra foi em uma unidade pública da mesma cidade. Apenas um dos pacientes tinha histórico de comorbidade. Com esses três registros, o município contabiliza o total de 254 mortes pela Covid-19.

Testes

Foram realizados desde o início da pandemia 32.534 testes rápidos pela prefeitura e 1.627 pelo Lacen, em Salvador.

Ocupação de leitos

Na rede hospitalar, o percentual de ocupação dos leitos para Juazeiro na rede PEBA (hospitais de Pernambuco e Bahia) é de 88%, com 27 leitos disponíveis. Somente em Juazeiro, 89% dos leitos de UTI para pacientes com Covid-19 estão ocupados, com 3 leitos disponíveis.

Juazeiro também suspende uso de AstraZeneca em grávidas

(Foto: Ascom/PMJ)

A Secretaria de Saúde de Juazeiro (SESAU) emitiu uma nota, na manhã desta terça-feira (11), suspendendo a aplicação da vacina AstraZeneca/Oxford em grávidas. A justificativa para essa decisão, é a recomendação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

“A suspensão segue a recomendação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), que emitiu nota técnica, e da Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab). A nota técnica da Anvisa é que a indicação da bula da vacina da AstraZeneca seja seguida pelo Programa Nacional de Imunização (PNI)”, diz a Prefeitura.

Puérperas podem se vacinar

Apesar da suspensão da imunização de grávidas, a SESAU informou que as puérperas serão imunizadas sim com a AstraZeneca. “A vacina AstraZeneca/Fiocruz permanece para o grupo de puérperas (mulheres com até 45 dias pós parto)“, explica.

Juazeiro: veja quem será imunizado contra covid-19 até quinta-feira

(Foto)

Juazeiro (BA) segue vacinando as pessoas com comorbidades com a 1ª dose. Desta terça-feira (11) até sexta-feira (14) também serão imunizados gestantes e puérperas (mulheres com até 45 dias pós-parto), trabalhadores das forças de segurança e salvamento, pessoas com deficiência permanente e autistas, além da aplicação de segunda dose da vacina.

Gestantes e puérperas

Elas devem comparecer ao Juá Garden Shopping, de 11 a 13 de maio, das 7h30 às 11h30 e das 13h30 às 16h. É necessário levar o cartão de acompanhamento de gestante/pré-natal ou laudo médico, RG, CPF ou cartão SUS e comprovante de residência (gestantes) e a declaração de nascimento ou certidão de nascimento do bebê com até 45 dias, RG, CPF ou cartão SUS e comprovante de residência (puérperas).

LEIA MAIS

Pernambuco segue orientação da Anvisa e suspende vacinação com AstraZeneca de grávidas e puérperas

(Foto: Dado Ruvic/Reuters)

A Secretaria Estadual de Saúde de Pernambuco (SES-PE) comunicou que a vacinação nas grávidas e puérperas (mulheres que deram a luz até 45 dias), com a vacina AstraZeneca/Oxford, está suspensa a partir desta terça-feira (11). O Governo Estadual segue a orientação da Agência de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Em nota, a SES-PE informa que a vacinação desses grupos fica suspensa enquanto o estado “aguarda orientação oficial do Ministério da Saúde (MS) sobre o assunto”. Portanto, as mulheres desse grupo somente serão imunizadas, até segunda ordem, com CoronaVac/Butantan e Pfizer/BioNTech.

O que originou a decisão?

Na segunda-feira (10), o Ministério da Saúde informou que investiga o caso de uma gestante que morreu no Rio de Janeiro, após ter sido imunizada com a vacina AstraZeneca. Em nota enviada à Folha de São Paulo, a pasta ainda diz que “reavalia a imunização no grupo de gestantes sem comorbidades.”

Petrolina registra mais 144 casos e sete óbitos por covid na segunda-feira

Petrolina registrou mais 144 casos de covid-19 na segunda-feira (10) e sete novos óbitos. Segundo o boletim divulgado à imprensa nesta manhã, a cidade soma 25.279 pacientes infectados, dos quais 21.443 estão recuperados e há ainda 388 mortes.

Novos casos

62 dos novos pacientes são do sexo masculino e 82 do feminino. Eles têm entre quatro meses e 96 anos de idade. As mortes são de quatro pessoas do sexo masculino e três do sexo feminino, com 98, 73, 62, 50, 80, 74, 61 anos. Quatro não tinham histórico de comorbidades. Os óbitos aconteceram entre os dias 12/04 a 10/05.

Ocupação dos leitos

A taxa de ocupação dos leitos de UTI ficou em  81,2%. Dos 80 leitos, 65 estão ocupados. 42 pacientes são de Petrolina e 23 de outras cidades da região.

Outras informações

  • Casos investigados: 1.582 pessoas sendo monitoradas, há possibilidade de estarem infectadas;
  • Casos por raça/cor: 19 pessoas se declaram pretas, duas indígenas, 91 pardas, cinco amarelas, 24 brancas e três optaram por não declarar;
  • Casos descartados: Até agora, 94.761 casos já foram descartados. As pessoas que foram testadas tiveram resultados negativos;
  • Casos ativos: O município tem 3.448 casos ativos do novo coronavírus.

A segunda etapa da Campanha Nacional de Vacinação contra o vírus Influenza começa amanhã (11) 

A segunda etapa é destinada a idosos com mais de 60 anos e professores. Cerca de 33 milhões de pessoas deverão ser imunizadas nessa fase.

A terceira fase, entre 9 de junho e 9 de julho, abrangerá cerca de 22 milhões de pessoas. Compõem esse público-alvo integrantes das Forças Armadas, de segurança e de salvamento; pessoas com comorbidades, condições clínicas especiais ou com deficiência permanente; caminhoneiros; trabalhadores de transporte coletivo rodoviário; trabalhadores portuários; funcionários do sistema de privação de liberdade; população privada de liberdade; e adolescentes em medidas socioeducativas.

A campanha teve início no dia 12 de abril com a vacinação de crianças entre seis meses e seis anos, povos indígenas, trabalhadores da área da saúde, gestantes e mulheres puérperas (que estão no período de até 45 dias após o parto).  Pessoas que tomaram a primeira ou a segunda dose da vacina contra a covid-19 devem esperar pelo menos 14 dias para tomar o imunizante contra a gripe.

De acordo com o vacinômetro da campanha, já foram aplicadas 6,9 milhões das 27, 3 milhões de doses distribuídas a todos os estados.

No dia mundial de atenção à pessoa com o lúpus, Associação de Amigos e Pessoas com lúpus do Vale do São Francisco vai realizar evento online

Será realizado nesta segunda-feira (10), às 20h, um evento online sobre o dia mundial de atenção à pessoa com o lúpus. 

De acordo com a psicóloga Fabiana Bezerra, as principais dificuldades das pessoas com lúpus é o preconceito e a discriminação, além das dificuldades para acessar alguns serviços médicos.  A associação luta para que as pessoas com lúpus possam ter uma vida digna, apesar do lúpus.

Para participar do evento é só solicitar o acesso à sala virtual por meio do telefone  74 99139604. 

 

10 de maio é o dia mundial de atenção à pessoa com o lúpus

O lúpus é uma doença inflamatória crônica, de origem autoimune que atinge na maioria dos casos mulheres em idade fértil. Por alguma razão ainda desconhecida, o sistema imunológico falha e começa a “atacar” tecidos saudáveis do corpo, podendo causar dores articulares, lesões na pele e em outros órgãos do corpo. Apesar de não ter cura, a doença tem tratamento e não é contagiosa. 

LEIA MAIS
12345