Em reunião remota, Paulo Câmara anuncia investimentos no Sertão do São Francisco

(Fotos: Hélia Scheppa/SEI)

O governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), realizou uma reunião remota, na terça-feira (11) para anunciar investimentos no Sertão do São Francisco. O Estado destinará R$ 58,4 milhões para melhorias na infraestrutura. Ou seja, rodovias estaduais de grande importância para a região serão beneficiadas.

A PE-574, na cidade de Lagoa Grande e a PE-550, em Santa Maria da Boa Vista são as contempladas. “Tivemos a oportunidade, de anunciar investimentos importantes para toda região do Sertão do São Francisco. Ao todo, já são mais de R$ 130 milhões que estão sendo investidos. A gente já está recuperando a PE-635, que liga Dormentes a Afrânio, e agora vamos iniciar a restauração da PE-550, dentro do projeto Fulgêncio, no distrito de Urimamã. São 24 quilômetros de obras, que vão começar agora no mês de maio e a gente quer concluí-la até o mês de novembro, restaurando essa via tão importante para o desenvolvimento da região“, disse Câmara.

LEIA MAIS

Secretária de Infraestrutura de Pernambuco vem ao Sertão acompanhar andamentos de obras

Foto: Flávio Japa

Secretária de Infraestrutura de Pernambuco, Fernandha Batista cumprirá uma extensa agenda no Sertão nesta semana. A viagem começa hoje (11) e se estenderá até o final a semana. Na programação estão visitas a Afrânio, Dormentes, Petrolina e Lagoa Grande, no São Francisco, Ipubi e Araripina no Araripe.

“Vamos percorrer esta semana diversas cidades sertanejas para acompanhar o desenvolvimento de ações em andamento pela pasta, que vão levar crescimento social e econômico ao Sertão como um todo. Esse trabalho de vistoria é muito importante para que todas as obras saiam de acordo com o projeto proposto”, disse.

LEIA MAIS

Operação da Polícia Federal destrói mais de 344 mil pés de maconha no Sertão de Pernambuco

(Foto: Polícia Federal)

Uma operação da Polícia Federal batizada de Fusarium I, realizada entre os dias 24 de fevereiro a 3 de março, destruiu cerca de 344,6 mil pés de maconha e 584 kg da droga pronta para consumo, em municípios do Sertão de Pernambuco.

Coordenada pela Delegacia da PF na cidade de Salgueiro (PE), o objetivo da operação foi reduzir a oferta da planta, de consumo ilegal, em Pernambuco. A PF ainda informou que, caso os pés de maconha erradicados fossem colhidos, prensados e colocados no mercado, o rendimento seria, aproximadamente, de 114 toneladas da droga.

LEIA MAIS

Deputado Antonio Coelho quer incluir lojas de produtos agropecuários na lista de serviços essenciais

Deputado estadual Antônio Coelho.

O deputado estadual Antonio Coelho (DEM) requisitará ao Governo de Pernambuco a incorporação dos empreendimentos de produtos agropecuários no quadro de serviços essenciais no Estado. No pedido à gestão estadual, por meio de Indicação a ser protocolada junto à Mesa Diretora da Assembleia Legislativa, o líder da Oposição argumenta que a iniciativa é importante para assegurar a produção dos alimentos que abastecem os pernambucanos.

De acordo com o deputado, embora os estabelecimentos de defensivos e insumos agrícolas sejam essenciais para a manutenção dessa importante atividade econômica, eles não possuem condição especial para seguir funcionando nos horários restritos impostos pela pandemia da Covid-19.

O democrata também defende que a medida irá contribuir para amenizar as consequências econômicas para o setor diante das novas medidas de prevenção adotadas pelo governo para conter o novo avanço da Covid-19.

MDR paralisa ações da Operação Carro-Pipa a partir de 1º de março

100% dos municípios ficarão desassistidos (Foto: Ilustração)

A partir do dia 1° de março, próxima segunda-feira, as ações da Operação Carro-Pipa Federal estarão paralisadas em 100% dos municípios. O anúncio foi feito através de nota, nesta sexta-feira (26), pelo Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR). A pasta alega não ser possível realizar “repasses integrais e regulares” à ação.

“Nos meses de janeiro e fevereiro, a Pasta, por meio da Defesa Civil Nacional, conseguiu realizar o repasse emergencial de R$ 89,7 milhões, que foram descentralizados ao Exército Brasileiro (EB) – responsável pela execução do serviço. Em decorrência do atraso no repasse, 260 municípios já tiveram o atendimento suspenso e a partir de 1º de março, a Operação poderá ter suas atividades paralisadas em 100% dos municípios“, diz a nota do MDR.

O Ministério afirmou ainda que está em contato com o Governo Federal “para possibilitar a execução da Operação em sua integralidade e evitar prejuízos à população”. Confira a seguir a íntegra da nota:

LEIA MAIS

Governo de Pernambuco começa a distribuir sementes no Sertão do São Francisco

(Foto: Edilson Júnior/SDA)

A distribuição no Sertão do São Francisco começou nesta quinta-feira (18), pelo o município de Santa Maria da Boa Vista. A ação faz parte do Programa Campo Novo da Secretaria de Desenvolvimento Agrário (SDA) em conjunto com o Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA).

Para marcar a chegada das sementes, foi realizadas uma solenidade na Câmara de Vereadores e contou com a presença do secretário da pasta Claudiano Martins Filho; do presidente do IPA, Kaio Maniçoba; da deputada Roberta Arraes; do secretário executivo de Agricultura Familiar Humberto Arraes; e do prefeito de Santa Maria da Boa Vista, George Duarte; além de vereadores da cidade, agricultores e agricultoras.

LEIA MAIS

Grupo Borboletas do Vale celebra oito anos de fundação

Fevereiro é mês de celebrar o aniversário do grupo Borboletas do Vale, a Associação de Amigos e Pessoas com Lúpus do Vale do São Francisco. Em 2021 a entidade comemora oito anos de fundação, mas seguirá com ações virtuais por conta da pandemia.

Em oito anos de história, cerca de três mil pessoas com lúpus e seus familiares já foram atendidos pelo grupo. A Associação é resultado de uma atividade iniciada ainda na academia, pela então estudante de psicologia, Fabiana Bezerra.

Na programação virtual de aniversário estão lives e um piquenique virtual. A programação pode ser acompanhada no Instagram. Outra forma de contato é pelo telefone (74) 99139-6041.

Previsão se confirma e municípios do Sertão já registram chuva

Municípios do Sertão já registram chuva desde a madrugada (Foto: Reprodução/Blog Nil Junior)

O alerta de chuva moderada a forte emitido pela Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac) na tarde da última segunda-feira (15) se confirmou e já na noite de ontem diversos municípios do Sertão registraram chuva. Em Afogados da Ingazeira o acumulado nas últimas 24h é de 62,41 mm.

Em Orocó choveu exatos 29,95 mm. Durante a madrugada também foi registrada uma chuva rápida em Petrolina e nesta terça-feira (16) está chovendo forte na cidade de Lagoa Grande, município vizinho a Petrolina. O flagrante foi feito por um leitor do Blog:

Apac emite alerta de chuva para o Sertão do São Francisco

(Foto: Divulgação/Apac)

Pode chover forte no Sertão do São Francisco e Sertão de Pernambuco nesta terça-feira (16). A previsão é da Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac), que emitiu um alerta válido até a noite de hoje para as duas regiões do Estado.

A previsão da Apac é de chuva moderada a forte. Isso é reflexo da confluência dos ventos em baixos níveis e um Vórtice Ciclônico em Altos Níveis (VCAN), explica a Agência. Diante desse cenário, a população deve seguir as recomendações da Defesa Civil dos seus municípios.

Gonzaga Patriota quer inclusão da carne de carneiro e bode no PAA

(Foto: Ascom)

Incluir a carne de carneiro e bode no Programa de Aquisição de Alimentos (PAA). Essa é a intenção do deputado federal Gonzaga Patriota (PSB), que se reuniu com o ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni na sexta-feira (15). Para Gonzaga, a aquisição das carnes também fortalecerá a agricultura familiar no Sertão do São Francisco.

O deputado federal informou que o Governo Federal deve comprar a carne produzida em Dormentes, a capital da Caprinovinocultura. “Dormentes é a capital da Caprinovinocultura, fruto de muito trabalho e esforço da agricultura dessa localidade, mas é importante que esse produto seja adquirido e chegue ao consumidor e o PAA faz exatamente essa ponte. Através desse programa, as carnes de bode e carneiro serão adquiridas com a parceria da prefeitura e, depois, distribuída em várias cidades. Essa ação vai movimentar a economia local, garantindo o escoamento da produção através da compra a preço justo de fornecedores“, disse Gonzaga.

Além de Dormentes, Araripina também pode ser beneficiada. Isso porque o parlamentar solicitou a compra da farinha produzida no município. “A farinha produzida em Araripina deste ano já foi comprada, fiz uma intermediação para levar esse produto para alguns municípios, como Itapetim, Solidão e Sertânia. Essas cidades vão receber farinha do Araripe e carne de Dormentes”, conclui Patriota.

INMET alerta para perigo potencial com mais chuva prevista no Sertão do São Francisco

Previsões de chuvas para Petrolina (Foto: Blog Waldiney Passos)

Depois da chuva de domingo (10), a manhã dessa segunda-feira (11) começou nublada e por volta de 8h20 os petrolinenses voltaram a ser agraciados por São Pedro. E segundo o Instituto Climatempo, o tempo deve permanecer assim pelos próximos dias.

Diante a possibilidade de mais chuva, o Instituto Nacional de Meteorologia (INMET) está com um alerta de “Perigo Potencial” para todo Sertão do São Francisco. De acordo com o INMET, pode chover entre 20 e 30 mm/h ou até 50 mm.

Defesa Civil

Ao mesmo tempo que a chuva traz alegrias, também liga o alerta nas comunidades mais periféricas. A Defesa Civil de Petrolina orienta a população que reside em pontos de risco para procurar ajuda através do 153. Outras orientações servem para todos as localidades: evite ficar embaixo de árvores, não use o telefone carregando na tomada e evite transitar por vias alagadas.

Apac emite alerta de chuva forte para a região

Sábado pode ser de chuva forte em Petrolina e região

O final de semana deve ser chuvoso na região e a Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac) emitiu um alerta de chuva forte para o Sertão do São Francisco e de Pernambuco. Segundo a Apac, pode chover com intensidade forte ao longo desse sábado (21).

O alerta é válido até 23h de hoje. Quem mora em localidades vulneráveis deve seguir as orientações da Defesa Civil dos seus municípios. Seguindo a mesma linha da Apac, o Instituto Nacional de Meteorologia (INMET) também emitiu um alerta para toda região. Pode chover entre 20 e 60mm e é provável que os ventos alcancem até 40 km/h.

Chuva no Sertão

Nas últimas 12h Petrolina registrou aproximadamente 10mm de chuva. Mas em outras cidades do Sertão os índices são impressionantes. São José do Belmonte, por exemplo, já contabiliza 69 mm. Ontem também foi um dica chuvoso em Floresta e Serra Talhada.

Vilmar Cappellaro é o mais bem votado no Sertão do São Francisco

Vilmar foi o prefeito mais bem votado da região (Foto: Ascom/PMLG)

Vilmar Cappellaro (MDB) foi mais um prefeito da região a ser reeleito no domingo (15). Atual gestor de Lagoa Grande, no Sertão do São Francisco, Vilmar emplacou mais um mandato com expressivos 79,25% dos votos. Ou seja, 12.203 eleitores optaram pela continuidade do seu trabalho.

Ele concorreu com Henrique Diniz (DEM), que somou 3.195 votos (20,75%). Com o resultado das urnas, Vilmar foi o gestor mais bem votado no Sertão do São Francisco. Inclusive, ele superou o prefeito reeleito de Petrolina, Miguel Coelho (MDB), que obteve 76,19% dos votos (121.300 eleitores apostaram na renovação do mandato).

Nas redes sociais, Vilmar agradeceu pela confiança dos eleitores. “Que felicidade imensa por saber que mais uma vez depositarem essa confiança em mim e Catharina Garziera. Vamos juntos fazer com que Lagoa Grande continue crescendo“, disse nas redes sociais.

Veja a seguir a votação dos prefeitos no Sertão do São Francisco:

  • Afrânio – Rafael Cavalcanti (PSB): 62,64%
  • Cabrobó – Galego de Nanai (Avante): 47,26%
  • Dormentes – Josimara Cavalcanti (PSB): 57,80%
  • Lagoa Grande – Vilmar Cappellaro (MDB): 79,25%
  • Orocó – Gueber (PT): 47,26%
  • Petrolina – Miguel Coelho (MDB): 76,19%
  • Santa Maria da Boa Vista – George Duarte (PP): 49,10%

SAAE esclarece a falta de água no interior de Juazeiro

(Foto: Ilustração)

A Divisão de Interior do Serviço de Água e Saneamento Ambiental – SAAE/Juazeiro, comunica aos moradores de Juremal, Carnaíba, Vila Juca Viana, Lagoa da Areia e Ponta D’água (Mandacaru) que a paralisação se deu pela queda de energia, após as últimas chuvas.

O setor informa ainda que já entrou em contato com a Companhia de Eletricidade do Estado da Bahia (Coelba) e o sistema de energia estará normalizado a partir das 12h dessa sexta feira (06) estabilizando também o abastecimento de água nestas localidades.

O ciclo das águas e as enchentes; por Roberto Malvezzi (Gogó)

Roberto Malvezzi (Gogó). (Foto: CPT/arquivo)

O Filósofo e Sociólogo Roberto Malvezzi, mais conhecido como Gogó, divulgou um novo artigo de sua autoria. Dessa vez sobre as enchentes causadas pelas chuvas.

Roberto Malvezzi (“Gogó”), nasceu em 1953, no município de Potirendaba, São Paulo. É graduado em Estudos Sociais e em Filosofia pela Faculdade Salesiana de Filosofia, Ciências e Letras de Lorena, em São Paulo. Também é graduado em Teologia pelo Instituto Teológico de São Paulo.

Casado, teve com sua esposa dois filhos e duas filhas, todos baianos. Atualmente, reside em Juazeiro (BA) e atua na equipe da Comissão Pastoral dos Pescadores (CPP) e Comissão Pastoral da Terra (CPT) do São Francisco.

Segue o artigo:

O ciclo das águas e as enchentes

Roberto Malvezzi (Gogó)

O ciclo das águas começa com as chuvas, a partir da evaporação dos oceanos. No Brasil e em parte do continente latino-americano, engrossado pela evapotranspiração da floresta Amazônica. Então, os rios voadores espalham chuvas por quase todo território nacional, que serão armazenadas em aquíferos como Guarani, Urucuia e Bambuí no Planalto Central. Depois, eles distribuem essas águas para todas as grandes bacias brasileiras.

Outra parte corre nos mananciais de superfície e volta ao mar, ou fica armazenada em mananciais de superfícies, como lagoas e lagos. Outra parte evapora e retorna para a atmosfera.

Assim, o ciclo das águas é fundamental para o ciclo da vida. Aqui na Caatinga, quando chove, a caatinga que parecia morta (estava hibernada) como que ressuscita, a vegetação fica verde em uma semana, reaparecem várias espécies de pássaros, insetos e outros animais que a gente não sabe dizer de onde vieram. Como diz um amigo criador de cabras, “até as cabras entram no cio”.

Entretanto, vêm também as enchentes. Não é culpa da natureza. As pessoas foram morar em lugares onde o espaço era das águas. Aqui na cidade de Juazeiro da Bahia, as enchentes ocorrem onde antes eram as lagoas marginais do Velho Chico e às margens dos riachos que ligavam essas lagoas à calha central do grande rio. Os riachos continuam como canais de esgoto a céu aberto. Todos os anos, quando a chuva é intensa como agora, vêm as tragédias socioambientais sobre a população que habita essas áreas de risco, muitas vezes transformando-se em tragédias humanitárias.

O saneamento básico da cidade – abastecimento de água potável, coleta e tratamento do esgoto, manejo dos resíduos sólidos e drenagem das águas pluviais – avançou muito em termos de abastecimento de água e coleta de esgoto. Diz o SAAE que a 95% da cidade. Mas, avançou pouco em termos de manejo dos resíduos sólidos e, menos ainda, na drenagem das águas de chuva. Um prato cheio para os adversários políticos em época de eleições municipais.

Um trabalho sério de avanço na drenagem das águas de chuva precisaria localizar todas as áreas alagáveis, fazer obras de drenagem que garantam o escoamento em tempos de chuva. Se não for possível, é preciso a relocação da população das áreas de risco, o que implica também numa política habitacional para a população relocada. Que a área das águas seja das águas. Essas ações implicam em planejamento técnico, humanitário, recursos financeiros e vontade política.

Será que algum candidato nessas eleições tem mesmo interesse em resolver esse desafio socioambiental da cidade?

123