Cemafauna celebra Dia Nacional da Caatinga realizando educação ambiental

Equipe do Cemafauna particpou de atividades do Programa Embrapa & Escola, em comemoração ao Dia Nacional da Caatinga/Foto: ASCOM Equipe do Cemafauna participou de atividades do Programa Embrapa & Escola, em comemoração ao Dia Nacional da Caatinga/Foto: ASCOM

Uma manhã repleta de conscientização e descobertas. Uma equipe do Centro de Conservação e Manejo de Fauna da Caatinga (Cemafauna Caatinga) esteve presente no evento “Dia Nacional da Caatinga” promovido pela Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) em Petrolina. As atividades fazem parte do Programa Embrapa & Escola em comemoração ao Dia Nacional da Caatinga.

Com um stand na Trilha Ecológica da Caatinga, a equipe do Centro expôs parte do acervo do Museu de Fauna da Caatinga, além de produtos da loja como camisas, bonés, postais, copos e publicações próprias. O que mais chamou atenção das turmas das escolas da rede estadual que participaram foram os animais taxidermizados e uma cobra viva da espécie salamanta.

Para o estudante Carlos Eduardo, do sétimo ano da Escola Estadual Monteiro Lobato, em Petrolina o dia foi de novidades: ele conheceu pela primeira vez alguns dos animais da caatinga em visita ao stand. “Foi a primeira vez que eu segurei uma cobra, perdi o medo e gostei muito de conhecer esses animais. Nunca tinha visto o tamanduá e nem o veado-catingueiro. Agora eu quero visitar o Cemfauna”, afirmou Eduardo.

O professor do IF Sertão, campus de Santa Maria da Boa Vista (PE), Luiz Carlos Pita, levou uma turma do curso técnico em Agropecuária. “Já conheço o trabalho do Cemafauna desde o seu início e venho acompanhando esse belíssimo trabalho nas várias exposições na região”, disse Pita. O professor ainda comentou sobre o interesse em realizar periodicamente visitas com os estudantes do IF ao Cemafauna. “Com certeza é uma oportunidade para enriquecer o conhecimento dos alunos, mostrar para eles o rico acervo que dispomos no Centro”, concluiu.

O Cemafauna ainda realizou a entrega de kits de educação ambiental com guias de aves e répteis da Caatinga para os representantes de cada escola presente na solenidade de abertura do evento.

Sobre o bioma e a data comemorativa

A caatinga ocupa 844.453 Km² do território brasileiro abrangendo os estados de Alagoas, Bahia, Ceará, Maranhão, Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do Norte, Piauí, Sergipe e o norte de Minas Gerais. É um bioma exclusivamente do Brasil, além de ser muito rica em biodiversidade contando 178 espécies de mamíferos, 591 de aves, 177 de répteis, 79 espécies de anfíbios, 241 de peixes e 221 abelhas, alguns já em risco de extinção. Com uma população de 20 milhões de habitantes, é considerada a mais densamente povoada entre as regiões semiáridas do país.

O Decreto Federal de 20 de agosto de 2003, publicado no Diário Oficial da União, de 21 de agosto de 2003 institui o Dia Nacional da Caatinga, a ser comemorado no dia 28 de abril de cada ano. A data homenageia o professor João Vasconcelos Sobrinho (1908-1989), pioneiro na área de estudos ambientais no Brasil.

Nossa atuação

O Centro de Conservação e Manejo de Fauna da Caatinga tem sua sede em Petrolina-PE, mas sua área de atuação estende-se por todo o semiárido nordestino do Brasil, que compreende uma extensão de 982.563,3 km². Além dos diversos municípios que abrigam a obra do Projeto de Integração do São Francisco nos estados de Pernambuco, Paraíba e Ceará, o Centro também realiza ações no estado da Bahia participando de operações de fiscalização ambiental a exemplo da Fiscalização Preventiva Integrada (FPI) realizada pelo Ministério Público da Bahia em parceria com diversos órgãos ambientais.

Com informações da Assessoria

Deixe uma resposta