Cemafauna lança série de vídeos para tirar dúvidas sobre abelhas

As abelhas foram protagonistas nessa semana em Petrolina e Juazeiro (BA). Em meio a tantas dúvidas e medo da população, o Centro de Conservação e Manejo da Fauna da Caatinga (Cemafauna Caatinga), da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf), lançou uma série de vídeos na internet, para orientar a população.

Segundo o Cemafauna, esse comportamento das abelhas é natural. Por isso, a população deve manter a calma e acionar o SOS Resgate de Abelhas. “Ao avistar um enxame ou movimento de enxameação, o ideal é isolar a área, se proteger em local seguro, sair dessa área, acionar o resgate e aguardar o atendimento, que pode demorar devido ao grande número de chamados nesse período”, recomenda a bióloga Aline Andrade.

Ataque em Petrolina

Em Petrolina, uma pessoa morreu após um ataque de abelhas. O idoso de 71 anos estava nas proximidades do Cemitério Central, na tarde de segunda-feira (14), chegou a ser socorrido, mas veio a óbito no hospital. Outra mulher também precisou ser internada, mas ela passa bem.

A Secretaria de Saúde de Petrolina também esclarece que as abelhas não são vilãs. Pelo contrário, são essenciais na manutenção do ecossistema. Caso tenha avistado um enxame, a orientação é buscar o Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) pelo número (87) 3867-4774.

 

Deixe uma resposta