Centrais sindicais organizam paralisação para o “Dia Nacional de Mobilização em Defesa dos Direitos”

Além das manifestações, as entidades, representadas pelo FST, entregarão um documento hoje (08), ao senador Eunício Oliveiro. (Foto: Ilustração)

Nesta sexta-feira (10) centrais sindicais estão participam de paralisação no “Dia Nacional de Mobilização em Defesa dos Direitos”. A ideia é que a mobilização aconteça em todo o país.

A manifestação busca chamar atenção da população sobre as mudanças nas leis trabalhistas trazidas pela reforma. “Somente uma mobilização ampla e irrestrita de trabalhadores, sindicatos, federações, confederações e centrais sindicais serão capazes de reverter o cenário nebuloso que se apresenta”, afirma José Calixto Ramos, presidente da Nova Central Sindical de Trabalhadores (NCST), uma das entidades que aderiu ao movimento.

Além das manifestações, as entidades, representadas pelo FST, entregarão um documento hoje (08), ao senador Eunício Oliveiro, presidente do Senado, como forma de repúdio às declarações do presidente do Tribunal Superior do Trabalho (TST), ministro Ives Gandra, alegando que a redução de direitos irá gerar mais empregos no País.

Deixe uma resposta