Chuvas provocam a interdição de estradas na Bahia

Estradas Bahia

As fortes chuvas que atingem quase todo o nordeste desde o início de janeiro tem causado o surgimento de buracos em ruas das cidades e interditado estradas em diversas regiões. No estado da Bahia não é diferente.

Segundo a PRF, o trecho mais atingido até a noite de sábado, 23, fica na BR-324 Norte, próximo ao município de Riachão do Jacuípe, onde a rodovia está totalmente interditada, depois que as águas do rio Boqueirão subiram e derrubaram a cabeceira da ponte.

Os desvios indicados são dois: um deles é na estrada entre Filadélfia, na BR-407, e Euclides da Cunha, na BR-116. O outro caminho a ser utilizado é a Estrada do Feijão (BA-052), na saída de Feira de Santana até Baixa Grande, seguindo depois por Mairi a Capim Grosso. Outro alerta da PRF é para os condutores que vão usar a BR-242 entre Itaberaba e Lençóis, bem como as rodovias próximas de Jacobina.

No extremo oeste, próximo da divisa com o estado do Piauí, a BA-451, que liga as cidades de Santa Rita de Cássia, Mansidão, Buritirama e Barra, está com diversos trechos tomados pela água e, de acordo com moradores, tem lugares que não se passa nem de trator.

Na região dos municípios de Santa Maria da Vitória, São Félix do Coribe e Bom Jesus da Lapa, a BR-349 também ficou interditada entre quinta-feira e sexta-feira com o transbordamento do rio Corrente.

Entre outros problemas, a empresa dos Correios comunicou aos moradores da região que os veículos que fazem o transporte das correspondências não puderam passar pelo trecho, o que deve atrasar a entrega de cartas e encomendas.

As cidades atingidas são Santa Maria da Vitória, Cocos, Coribe, Jaborandi, Correntina, Santana, Canápolis, Brejolândia, Serra Dourada, Tabocas do Brejo Velho e São Félix do Coribe.

Conforme nota da Policia Rodoviária Federal (PRF), os motoristas devem dirigir com atenção redobrada, baixa velocidade e com faróis acesos durante a chuva para aumentar a visibilidade dos demais condutores.

Deixe uma resposta