Cientista político prevê eleição em Petrolina polarizada por temas nacionais

2020 é ano de eleições municipais e o cenário político de Petrolina foi destaque na imprensa da capital. Para o Jornal do Commércio, o debate entre os candidatos locais passará pelos temas nacionais. Isso porque o prefeito Miguel Coelho (MDB) tem na manga a força política que já trouxe inúmeros ministros a cidade.

Gustavo Canuto (Desenvolvimento Regional), Tereza Cristina (Agricultura) e o Abraham Weintraub (Educação), além do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) estiveram em Petrolina no primeiro ano do mandato federal. “Petrolina é uma cidade muito politizada. Os petrolinenses sempre sabem que qualquer prefeito ou governador, para ter sucesso, precisa ter alinhamento com o governo federal, independentemente da ideologia política ou partidária. O dinheiro está em Brasília”, disse o prefeito ao JC.

Soma-se a isso o fato de uma das possíveis candidaturas ser de Odacy Amorim (PT), o que deve polarizar bolsonaristas e petistas. Segundo o cientista político Elton Gomes, a divisão política será um gás a mais no pleito municipal.

Isso dá uma tônica do ponto de vista da tendência de não mais uma polarização, mas uma hiperpolarização, onde o debate público se enfraquece. Temas muito locais tendem a se sobressair no Brasil profundo, uma das principais questões é a continuidade ou não da administração daquele grupo político”, explica o cientista. Ainda figuram como nomes para as eleições o deputado estadual Lucas Ramos (PSB) e Julio Lóssio (PSD).

Deixe uma resposta