Circuito Sonora Brasil acontece em dez cidades pernambucanas

(Foto: ASCOM)

O Sonora Brasil é um projeto que tem como objetivo difundir expressões musicais identificadas com o desenvolvimento histórico da música no Brasil. (Foto: ASCOM)

Os músicos Adelmo Arcoverde (PE), Raullino Silva (RN/PE) e Cássio Nobre (MA/BA), foram reunidos pelo Sesc para divulgarem o tema Viola no Nordeste, através do projeto de formação de ouvintes musicais Sonora Brasil. A abertura acontece nesta quinta-feira (7), às 19h, no Teatro Samuel Campelo, que fica no bairro de Piedade, em Jaboatão. As apresentações são gratuitas.

No concerto, a viola no Nordeste é encontrada em sua forma mais tradicional e em suas variações típicas, como as usadas pelos repentistas, que possui um sistema acústico que melhora a projeção do som, e a machete, característica da região do Recôncavo Baiano.

O circuito percorrerá, ainda, nove cidades pernambucanas, dentre elas, Petrolina, que receberá o projeto musical no dia 19 de julho. O evento ocorrerá no Teatro Dona Amélia, no SESC de Petrolina, às 20h. A entrada é gratuita.

O Sonora Brasil é um projeto que tem como objetivo difundir expressões musicais identificadas com o desenvolvimento histórico da música no Brasil. Em sua 19ª edição, apresenta os temas Sonoros ofícios — cantos de trabalho e Violas brasileiras, que serão desenvolvidos no biênio 2015-2016, com a participação de quatro grupos em cada tema. O segundo tema traça um panorama da viola de cinco ordens e de variantes do instrumento que apresentam características peculiares e regionalizadas, relacionadas a práticas musicais restritas a ambientes geográficos pouco abrangentes.

Com informações da ASCOM

 

 

Deixe uma resposta