Com tombamento publicado no Diário Oficial, Shopping Popular não pode ser construído no terreno do Palácio Episcopal de Petrolina

Nenhuma intervenção poderá ser realizada no imóvel. (Foto: Internet)

Na edição desta quarta-feira (30) do Diário Oficial de Pernambuco a Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco (FUNDARPE) publicou o decreto do processo de tombamento do Palácio Episcopal de Petrolina.

Com a publicação uma medida cautelar emergencial, proíbe qualquer construção no terreno do Palácio. O decreto reconhece o valor histórico e arquitetônico do local.

O decreto encerra o impasse sobre a construção de um Shopping Popular no local.

“A partir da abertura do processo administrativo de tombamento, fica assegurado a este patrimônio as mesmas prerrogativas de preservação de bem tombado”, diz o decreto.

O decreto encerra o impasse sobre a construção de um Shopping Popular no local.

Deixe uma resposta