Comandante da PM de Pernambuco não acredita em greve dos policiais

comandante pe

Uma assembleia marcada para a tarde desta quarta (27) vai definir se a categoria vai cruzar os braços

Em entrevista na manhã desta terça-feira (26) a Geraldo Freire, da Rádio Jornal, o comandante da Polícia Militar de Pernambuco, coronel D’Albuquerque Maranhão, disse que não acredita em uma possível greve da categoria. Apesar de reconhecer que o pleito da tropa é legítimo, ele bateu na tecla de que a crise existente no País inviabiliza o pedido feito pelos PMs, de um aumento de 25%, sendo 18,5% de reposição salarial e 6,5% de reajuste. Uma assembleia marcada para a tarde desta quarta (27) vai definir se a categoria vai cruzar os braços.

“Temos acompanhado as dificuldades financeiras que o Brasil atravessa e o mesmo acontece com Pernambuco. Tivemos em 2015 promoções que nunca foram vistas na história da tropa. Mas o momento atual não permite que façamos reajustes. Tenho certeza que a tropa está consciente e não acredito que haverá greve na Polícia Militar”, informou.

Questionado se o descontentamento pode ser geral, caso o Estado ofereça reajuste zero, coronel D’Albuquerque manteve o tom otimista. “A situação financeira não permite grandes aumentos. É uma questão de receita e despesa. Estamos sempre ouvindo as reivindicações da corporação. Mas não podemos gastar mais do que arrecadamos. Temos consciência de garantir os salários em dia”, disse.

Com informações JC Online

Deixe uma resposta