Coronavírus: Alunos da rede estadual terão aulas pela TV Pernambuco e pelo Youtube

Estudantes das escolas estaduais de Pernambuco terão aulas, a partir da próxima segunda-feira (6), pela TV Pernambuco e pelo Youtube. O material será produzido por professores da própria rede, coordenados pelo governo estadual. A nova plataforma, chamada Educa-PE, poderá ser acessada por qualquer pessoa, portanto alunos de outras redes terão a chance de também aproveitar o conteúdo. Desde 18 de março, todas as unidades de ensino do Estado, públicas e privadas, estão fechadas, uma das medidas adotadas para conter o avanço do novo coronavírus.

Para os alunos do 6º ao 9º ano do ensino fundamental, os conteúdos serão gravados por disciplina e disponibilizados todas as manhãs, de segunda à sexta-feira, no Youtube. Já os estudantes do ensino médio terão aulas ao vivo, todas as tardes, nesses mesmos dias, transmitidas pela TV Pernambuco e depois colocadas também no Youtube. Cada série dessa etapa da educação básica terá duas horas de aula. Começa às 13h para os 1º anos, 14h para os 2º anos e 15h para os 3º anos. Das 16h às 17h o material vai contemplar temáticas transversais, contemplando as três séries.

A rede estadual possui, atualmente, cerca de 580 mil discentes matriculados, dos quais 142.849 estão nos anos finais do ensino fundamental e 292.091 do ensino médio. “As aulas estão suspensas e estamos muito preocupados com a extensão desse período e o prejuízo na aprendizagem dos nossos estudantes. Algumas iniciativas foram pensadas para minimizar isso. Desde o dia 26 disponibilizamos um grande material no site da Secretaria de Educação, com sugestões de atividades, todas com finalidades pedagógicas”, destaca o secretário estadual de Educação, Frederico Amancio.

“Agora teremos aulas não presenciais. O Educa-PE não será só um canal, mas uma plataforma. Os assuntos fazem parte do currículo da rede estadual e serão relacionados ao final do primeiro bimestre, ou seja, temas que os alunos estariam vendo nas escolas se tivessem com aulas regulares”, explica Fred.

AMBIENTE VIRTUAL

Ele destaca que como as aulas vão ser colocadas no Youtube, o estudante poderá assisti-las em qualquer horário, caso não possam acompanhar os horários da TV Pernambuco. “Estamos em buscas de outros parceiros, de outras Tvs, para também disponibilizar o material”, informa o secretário.

Ainda este mês a plataforma deve oferecer um ambiente virtual de aprendizagem, que vai permitir mais interação entre alunos e professores, com oferta de atividades e espaço para tirar dúvidas.

“Não temos como garantir que o Educa-PE chegará a 100% dos alunos. Mesmo com a plataforma, todas as aulas serão repostas. O que vai mudar é o tamanho da reposição pois avaliaremos escola por escola. Vamos observar o quanto do conteúdo foi aproveitado pelos estudantes para definir a reposição”, ressalta Fred.

Além das aulas não presenciais dos diferentes componentes curriculares, ficarão à disposição dos alunos e professores materiais especiais voltados para temas do cotidiano. Na primeira semana o assunto a ser discutido será o novo coronavírus e a importância das medidas de prevenção para o combate da covid-19.

VIDEOAULAS

Na Escola de Referência em Ensino Médio Benedita de Morais Guerra, localizada em Macaparana, na Zona da Mata pernambucana, as videoaulas já começaram assim que as atividades regulares foram suspensas pelo governo. Professores se juntaram para produzir o material.

“Temos um cronograma por série. Os professores mandam pelo whatsApp os assuntos na véspera, com atividades para que a gente já saiba o que vai estudar. As aulas são por um aplicativo ou gravadas. Está sendo muito bom porque não nos atrasamos, principalmente para nós do 3º ano, que teremos o Enem no final do ano”, diz a estudante Cecília Emanueli Barbosa, 17 anos.

Professor de história, Josemir Francisco da Silva, 31, é um dos que aderiu à iniciativa. Ele grava as aulas pelo celular ou pelo computador, num pequeno quarto da sua casa. “É um esforço coletivo para que nossos alunos não sejam prejudicados. Estou gostando da experiência. Já tinha um canal no Youtube, mas havia só sete inscritos. Agora são uns 230”, comemora o docente.

O endereço do Educa-PE é www.youtube.com/educape. O sinal digital da TV Pernambuco tem diferentes canais: 46.1 (Recife e RMR), 12.1 (Caruaru) e 13.1 (Petrolina).

Deixe uma resposta