Correios entram em greve a partir de amanhã (12), paralisação é por tempo indeterminado

(Foto: Arquivo)

Os trabalhadores dos Correios em todo país vão entrar em greve a partir desta segunda-feira (12). A paralisação será por tempo indeterminado e serve de protesto contra o corte de direitos dos funcionários.

Segundo o diretor de comunicação do Sindicato dos Trabalhadores da Empresa Brasileira de Correios, Telégrafos  e Similares (SINTECT-PE), Eliomar Teixeira, cortes nos planos de saúde e pagamento desproporcional nas coparticipações levaram à greve. “A empresa tem uma má gestão e querem jogar nas costas dos trabalhadores”, afirmou.

De acordo com o jornal Folha de Pernambuco, as agências dos Correios no Recife e nas sub sedes do Agreste e Sertão, estarão paralisadas. Petrolina está incluída.

Greve

Nesta segunda-feira (12) o Tribunal Superior do Trabalho (TST) vai julgar o pagamento do plano de saúde dos funcionários da estatal. Os Correios querem alterar a fórmula de custeio do convênio dos 106 mil servidores ativos, 30 mil inativos e seus dependentes.

Os pais dos funcionários seriam retirados da cobertura do plano, entretanto, a ideia não foi aceita pelos empregados da estatal. Para os Correios, o custeio dos planos é uma das principais causas para o rombo da empresa, fato negado pelos sindicatos, os quais atestam ser de apenas 8% a 9% dos gastos.

Em nota, os Correios se pronunciaram e vão aguardar a decisão da Justiça para saber como proceder. “A empresa aguarda uma decisão conclusiva por parte daquele tribunal para tomar as medidas necessárias”, dizia a nota.

Um Comentário

  • Edilberto

    11 de março de 2018 at 19:44

    Deveria fechar definitivamente e,abrir espaço para a iniciativa privada, não atende as necessidades dos clientes faz tempo. Já perdeu sua finalidade a tempo é, remanejar os funcionários para outras estatais e fechar as portas, só serve para abastecer políticos ladrões.

    Responder

Deixe uma resposta