CPRN e Univasf realizam curso de Libras para Policiais Militares da região norte da Bahia

(Foto: Ascom/CPRN)

Na manhã da última segunda-feira (6), foi realizada a primeira aula do Curso Básico de Libras para Policiais Militares da Região Norte da Bahia que tem como principal objetivo capacitar policiais militares para se comunicarem na Língua Brasileira de Sinais, e consequentemente prestar um melhor atendimento à comunidade surda.

O Curso é resultado de uma parceria entre o Comando de Policiamento da Região Norte (CPRN) e a Universidade Federal do Vale do São Francisco (UNIVASF) e terá duração de três semanas. A turma é composta por 31 policiais militares de ambos os sexos, pertencentes a 16 unidades da PM-BA, de cidades como Juazeiro, Capim Grosso, Paulo Afonso, Jacobina, entre outras.

O Comando de Policiamento da Região Norte com base nos pilares da atual gestão do Coronel PM José Anselmo Moreira Bispo, seu comandante, os quais estão alicerçados na Integração, Valorização e Ostensividade, identificou a necessidade de formar policiais militares, atendendo a Lei 13146/ 2015, Lei Brasileira de Inclusão da Pessoa com Deficiência, especificamente no que diz respeito a atuação desse profissional para com pessoas surdas.

De acordo com o CPRN, esse projeto tem como pressuposto básico a premissa de que o sujeito surdo é um sujeito de direitos e deveres, como qualquer cidadão e, portanto, deve ter o devido acesso aos serviços de segurança pública em sua língua.

Deixe uma resposta