Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Cresce o número de atendimentos e formalizações na AGE de Petrolina

Atualmente, a Agência oferece três linhas de crédito com juros de 1% ao mês.

O incentivo da prefeitura aos empreendedores de Petrolina está trazendo resultados positivos tanto no número de atendimentos quanto nas formalizações voltadas aos microempreendedores individuais.

Trabalhando com crédito orientado, consultoria empresarial, capacitações e incentivo à formalização, a Agência Municipal do Empreendedor (AGE) comemora, este ano, mais de 2.400 atendimentos e cerca de 120 formalizações, até o momento.

Para o diretor-presidente da AGE, Sebastião Amorim, os números são fruto de um trabalho em equipe e, principalmente das ações da gestão do prefeito Miguel Coelho em fortalecer a economia do município.

“Por meio dos programas AGE Itinerante e Casa do Empreendedor foi possível realizar 149 contratos para um volume de créditos liberados este ano que ficou em torno de R$ 600 mil. Hoje, a nossa agência tem 71% do seu público formado por empreendedores formais, mais especificamente na pessoa jurídica do microempreendedor”, comemora Sebastião.

Outro bom resultado indicado pelo diretor presidente refere-se a mais de 80 bairros atendidos nos quais a equipe da AGE conseguiu contemplar 63 atividades econômicas, promovendo e ampliando ainda mais o empreendedorismo em Petrolina.

Para quem busca fortalecer e expandir seu negócio de forma planejada, a Agência do Empreendedor (AGE) de Petrolina, funciona na Rua Castro Alves, N° 55, centro, atrás do Banco do Brasil, próximo à Delegacia da Mulher. Telefone (87) 3861-8270.

Linhas de financiamentos

Atualmente, a Agência oferece três linhas de crédito com juros de 1% ao mês. A exemplo da Popular que é até R$ 2 mil, a Plus que vai de R$ 2 mil até R$ 4 mil e com até 10 meses para quitar o financiamento.

Já a Megaplus vai de R$ 4 mil a R$ 8 mil, com três meses de carência para iniciar o pagamento da primeira parcela e 15 meses para quitar o financiamento. Para ter acesso ao programa de empréstimos, o empreendedor não pode ter pendências em órgãos de defesa de crédito (SPC, SERASA) e na prefeitura (IPTU, ISS, etc).

Deixe uma resposta