Derrame de notas falsas faz polícias prenderem estelionatários no Piauí

A Polícia Federal confirmou a falsidade das notas apreendidas

Derrame de notas falsas no Piauí fez com que a Polícia Militar (PM) e Polícia Federal (PF) prendessem estelionatários usando cédulas falsas de R$ 100,00 e R$ 50,00 em 10 municípios do Piauí – Patos do Piauí, Piripiri, Palmeirais, Parnaíba, Água Branca, Oeiras, Picos, Luís Correia, Teresina e Canto do Buriti.

Na tarde de sábado (7), os policiais militares prenderam no município de Patos do Piauí (517 km de Teresina) Deusimar e Francisco Sebastião da Silva utilizando cédulas falsas no comércio local. Ele foi flagrado com R$ 300,00, sendo seis notas de R$ 50,00 falsas.

Dois jovens foram flagrados em posse de cédulas de R$ 100 falsas por volta das 17h da quarta-feira , na Beira Rio, Bairro do Carmo, em Parnaíba. Os jovens foram identificados como Carlos Henrique Rios da Costa, 25 anos, e Anderson dos Santos Lima, 19 anos, e estavam em um carro Chevrolet Spin de cor branca e sem placas.

Em Palmeirais, a Polícia Militar foi acionada quando uma comerciante foi pagar combustível com cédulas de R$ 100,00 falsas. Ela explicou que tinha recebido o dinheiro de um cliente que foi comprar roubas em sua loja.

Também em Palmeirais, Francivan Ferreira Feitosa, de 29 anos, foi preso no Centro de Teresina, acusado de disparar arma de fogo contra um parente do prefeito eleito de Palmeirais, Márcio Texeira(PDT).

Segundo informações da polícia, no momento da prisão foram identificadas 10 notas falsas no bolso do acusado.

Deixe uma resposta