Desfile cívico-militar de 7 de setembro em Juazeiro é elogiado pela população

(Foto: ASCOM)

Este ano, o desfile em comemoração à Independência do Brasil teve como tema “Educação, Direito e Cidadania: Uma mistura de Cores e Saberes”. (Foto: ASCOM)

A população de Juazeiro (BA) gostou do desfile cívico-militar em homenagem ao dia da independência do Brasil, comemorado no dia 7 de setembro. A aposentada Ivone de Costa Melo, 79 anos, conta que todos os anos assiste o desfile. “Eu gosto de ver tudo, mas em especial os militares, pois sempre são muito bonitos e disciplinados”, conta Ivone.  Para ela, este ano a infraestrutura do evento mereceu elogios. “Pela primeira vez colocaram essa proteção para o povo não invadir o desfile e ficou muito mais organizado”, ressaltou.

Este ano, o desfile em comemoração à Independência do Brasil teve como tema “Educação, Direito e Cidadania: Uma mistura de Cores e Saberes”. A escolha visa pensar a educação enquanto direito, além de trabalhar a diversidade de raças, crenças e saberes culturais. A solenidade inicial aconteceu por voltas das 8h, em frente ao Paço Municipal.

O prefeito do município, Isaac Carvalho, destaca que o público que assiste ao desfile geralmente supera os números do público do carnaval. “O 7 de setembro pra Juazeiro é uma festa que transcende a própria festa cívica, porque o povo de Juazeiro faz do Dia da Independência não só uma grande festa da pátria, mas também do orgulho da sua própria cultura”, argumenta.

Para o secretário de Educação e Esportes do município, Clériston Andrade, o evento é grandioso porque conta com muitos colaboradores. “A organização é da secretaria com um conjunto enorme de parceiros, instituições militares e civis, além das outras secretarias de Governo no município”, destaca.

Participaram do desfile cívico-militar oficiais da: Marinha, Exército, Aeronáutica, Corpo de Bombeiros, Polícia Militar, Guarda Municipal e Bombeiro Civil. Além disso, também desfilaram: estudantes de onze escolas municipais e estaduais; membros da Sociedade de Amigos da Polícia Militar (Soapom); o grupo Escoteiro Mirim em Defesa; o Clube Desbravadores da Igreja Adventista; as lojas maçônicas: ‘Harmonia e Amor’ e ‘Segredo Força e União’; o Grito dos Excluídos; e o Movimento LGBT.

Com informações da ASCOM

Deixe uma resposta