Deus Não Está Proibido!

(Foto: Profa Dra Rita Cristiane R.G.Soares)

Com o título “Deus Não Está Proibido!”, a Profª Dra Rita Cristiane  Ramacciotti Gusmão Soares, nos enviou um artigo refletindo sobre a inviolabilidade da liberdade de consciência e de crença e a garantia constitucional do livre exercício dos cultos religiosos no Brasil, um direito que não impede a adoração a Deus e a leitura da Bíblia Sagrada.

“Deus Não Está Proibido!”

O Estado laico é uma importante conquista da civilização, especialmente, no sentido de garantir, nos termos do art.5º, inciso VI, da Constituição Federal, a inviolabilidade da liberdade de consciência e de crença e a garantia do livre exercício dos cultos religiosos.

Essa saudável laicidade, todavia, não pode impedir a nós, enquanto cidadãos, individual ou coletivamente, de adorarmos a Deus e de lermos à Bíblia ou de falarmos e debatermos sobre esse livro fundamental para a história da humanidade.

Se é verdade que todos têm direito de professar a religião que quiser, e até mesmo de não professar religião ou de não acreditar em Deus, é verdade também que todos têm direito de, querendo, acreditar em Deus, professar uma religião e ler a Bíblia.

Ou seja, a leitura da Bíblia não está proibida no Brasil, mas, ao contrário, é um direito constitucional, igualmente, assegurado a todos. Por isto, qualquer ação, de quem quer que seja que objetive cercear esse direito, é uma violação direta da Carta Magna, devendo ser imediatamente repelida.

Acreditar ou não em Deus, professar ou não uma religião, ler ou não à Bíblia, não pode nos tornar melhores ou piores diante da lei dos homens, mas, com certeza, para aqueles que têm Fé, pode nos tornar mais próximos ou mais distantes de nossa própria Salvação.

Profa Dra Rita Cristiane  Ramacciotti Gusmão Soares

Deixe uma resposta