Dia das Crianças e do Fisioterapeuta é comemorado com momento lúdico na UPAE/IMIP de Petrolina

atividade-na-agua
A rotina dos bebês com microcefalia acompanhados pela Unidade de Pronto Atendimento e Atenção Especializada de Petrolina (UPAE/IMIP) foi alterada nesta quinta-feira (13). Mas, por um bom motivo. É que os exercícios de estimulação sensório-motora realizados na sala de fisioterapia hoje foram com tinta guache e água. O momento lúdico de lazer e socialização aconteceu para comemorar o Dia das Crianças e do Fisioterapeuta.
Durante toda a manhã, assim como os pequenos, os profissionais, papais e mamães também se divertiram. “Pensamos em reunir as famílias para que o grupo pudesse se conhecer, trocar experiências e socializar. Sem esquecer, é claro, de estimular as crianças. Realizamos atividades simples, mas ricas em significado. Quando, por exemplo, passamos a tinta guache nos pés ou mãos estamos estimulando o tato e a visão através das cores. A piscina cheia de brinquedos desenvolve os sentidos, impulsiona os movimentos e promove o relaxamento”, explica a fisioterapeuta Misia Ferraz.

A iniciativa foi aprovada por todos que puderam estar presentes. A mãe do Pedro, de 9 meses, disse que “o momento diferenciado fez bem, pois a fisioterapia às vezes estressa um pouco a criança. Então, poder fazer os exercícios brincando é melhor ainda”. Ilmara Maciel sabe bem os benefícios do tratamento que começou há 3 meses na UPAE. “Agora ele já consegue dar uns passinhos e o desenvolvimento geral do Pedro melhorou bastante”, afirmou.
A rotina das famílias, às vezes, precisa ser readaptada e muitas mães precisam deixar de trabalhar para cuidar dos bebês com microcefalia, por isso, um momento de descontração como o desta manhã se torna tão representativo. A Francisca de Lacerda, por exemplo, é mãe do Vitor Hugo de 9 meses. Ela tem mais 4 filhos e revela que o dia a dia é puxado. “É uma luta, mas com amor vencemos tudo. Esse momento de hoje foi muito especial, pois nos sentimos abraçadas e acolhidas. Nossos filhos adoraram e, com certeza, saímos daqui mais fortes e felizes”, destacou.
Além da brincadeira com tinta e do banho de piscina, os pequenos ganharam pantufas de estimulação sensorial e os acompanhantes participaram de um lanche. O resultado foi tão positivo que a equipe de fisioterapeutas já está pensando em promover encontros mensais com o grupo. “É uma ideia que vamos amadurecer, mas que tem tudo para dar certo”, acredita Rosemary Gonçalves.
Sobre o Dia do Fisioterapeuta, Rosemary acrescenta que foi comemorado da melhor forma possível. “Passamos o dia fazendo o que gostamos e de uma maneira bem especial. Não há presente melhor do que o reconhecimento. E esse carinho nós recebemos diariamente dos nossos pacientes. Hoje mesmo eles trouxeram um bolo para nos parabenizar”, destacou. A equipe de fisioterapia também foi lembrada pela coordenação da Unidade. Os quatro profissionais que fazem parte do quadro receberam uma mensagem de agradecimento e um mimo contendo chocolate e uma caneta personalizada.
Com informações de Ascom

Deixe uma resposta