Dicas de como evitar a depressão no trabalho

DEPRESSÃO

A depressão agora invadiu os espaços corporativos e se tornou o novo fantasma da produtividade e do desenvolvimento profissional saudável. Por mais que seja uma doença, e que quando ela se instala a única saída é o tratamento, há chances de preveni-la. Pensando em como evitar que a depressão encontre um ambiente propício para se desenvolver, elaborei uma lista com 5 dicas, para profissionais e empresas, que podem evitar que a doença apareça.

1. Bons relacionamentos profissionais

É fato que o clima organizacional influencia muito no bem-estar dos profissionais. As organizações precisam se atentar para a necessidade de transformar o local de trabalho num ambiente convidativo e agradável para os colaboradores. Quanto aos próprios profissionais, é importante que cada um encontre pessoas com as quais se identifique e tente construir relações saudáveis e respeitosas no ambiente profissional. Ter amigos no trabalho ajuda e, principalmente, respeitar e ser respeitado mesmo por aqueles com os quais não se identifica também ajuda no cotidiano profissional.

2. Autonomia e controle de carreira

Um dos motivos que mais deprime profissionais é a falta de autonomia no trabalho. Não ter liberdade para inovar, criar novos projetos ou crescer na empresa provoca um sentimento de estagnação que facilita o surgimento da doença. As empresas precisam se atentar para a necessidade de incentivar a criatividade e a inovação, bem como investir em qualificação e desenvolvimento dos próprios colaboradores.

3. Equipes equilibradas

Como disse na primeira dica, bons relacionamentos no ambiente corporativo são fundamentais. Para isso, as empresas devem se preocupar com o equilíbrio e a identificação interpessoal das equipes, para que o relacionamento seja bom a ponto de contribuir para a saúde mental dos colaboradores.

4. Atividades sociais diferentes das atividades profissionais

O profissional precisa se desligar do trabalho quando sai da empresa. É importante ter atividades sociais que relaxem e desliguem a mente da atividade profissional. Hobbies, esportes, leituras, etc. Não importa o tipo de atividade, o importante é reservar um tempo para relaxar corpo e mente.

5. Não transformar a vida em trabalho ou o trabalho da própria vida

Como dito no item anterior, é preciso desligar. Muitos profissionais que se veem em um quadro depressivo quando o trabalho representa todas as ambições, relações e compromissos. Principalmente em época de novas tecnologias, que possibilitam que o profissional trabalhe de qualquer lugar, é muito comum ver pessoas que não se desvencilham em momento algum da própria atividade profissional. Separe os setores da sua vida e não aposte tudo no seu trabalho, é importante se realizar em diversas áreas para que sempre exista uma fuga para quando um setor da vida não vai exatamente  como se deseja.

Por Bernt Entschev

Deixe uma resposta