Dilma pede que manifestantes evitem violência em ato de domingo

brasil_inteiro_grita_fora_dilma

A presidente Dilma Rousseff pediu que as pessoas evitem violência nas manifestações contra seu governo marcadas para este domingo (13).

“Para mim é muito importante a democracia no nosso país. Então, eu acredito que o ato de amanhã deve ser tratado com todo respeito. Não acho que seja cabível, e acho que é um desserviço para o Brasil, qualquer ação que constitua provocação, violência e atos de vandalismo de qualquer espécie”, disse a presidente em coletiva de imprensa.

Dilma ainda comparou os dias de hoje com a ditadura militar e destacou a liberdade para se manifestar.

“Nós vivemos numa época especial. Vivi num momento em que se você manifestasse, ia preso. Se discordasse, ia preso. Agora não. Vivemos um momento em que as pessoas podem se manifestar, podem externar o que pensam, e isso é algo que temos de preservar.”

Questionada se estava chateada com os protestos, a presidente respondeu que é uma pessoa de “muita firmeza de caráter”.

Com informações da Folha de São Paulo.

Deixe uma resposta