Discussão sobre aumento de passagem esquenta em Petrolina-PE e pega fogo em Teresina-PI

Manifestantes tocam fogo em ônibus contra aumento da passagem em Teresina-PI

Um paralelo entre as duas cidades comprova a disparidade no valor cobrado pela passagem nos ônibus coletivos em Petrolina. Enquanto na capital piauiense o valor foi majorado de R$ 2,75 para R$ 3,30, em Petrolina a proposta de acordo com a planinha apresentada é que o valor saia de R$ 3,20 para R$ 3,85, devido a obrigatoriedade da contratação de cobradores, conforme lei aprovada recentemente pelos vereadores desta cidade.

Mesmo assim, este valor não agrada aos proprietários das empresas, eles querem um aumento ainda maior. Usando como justificativa o fim, em dezembro de 2016, da isenção do ISS dada pelo município, as empresas sugerem que o preço da passagem fique entre  R$ 4,00 e R$ 4,10.

Em Teresina os estudantes reagiram ontem (9), ao aumento autorizado pelo pelo prefeito Firmino Filho (PSDB). Durante manifestação contra a majoração, eles tocaram fogo em um ônibus como forma de protesto.

Em 2013 o aumento no preço da passagem de ônibus provocou manifestações pelo país inteiro, foram muitos protestos, inclusive aqui em Petrolina.

É bom que as autoridades atentem para o que pode vir pela frente com essa decisão, já que em 2013 os estudantes também se manifestaram em Petrolina chegando a ocupar o prédio da Prefeitura por vários dias, sendo retirados à força pela guarda municipal. Diz o ditado que “cautela e canja de galinha não faz mal a ninguém”.

 

Deixe uma resposta