Donos de espaços privados em Petrolina terão novas regras a partir de 17 de junho

la fiesta falcão

A empresária Marluce Falcão ver as mudanças estabelecidas pela Ordem Pública como sendo muito importantes no sentido de garantir segurança tanto para os donos de espaços quanto para a população.Foto: facebook

Em reunião presidida pela representante do Ministério Público de Pernambuco em Petrolina, Drª Ana Claudia Sena de Carvalho, com representantes da Ordem Pública, Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Agrário, Polícia Militar e Corpo de Bombeiro Militar de Pernambuco e realizadores de eventos de Petrolina, ficou definido que a partir desta sexta-feira (17), produtores de festas e donos de espaços privados terão que assumir novas responsabilidades referentes ao processo de autorização para realização de eventos em Petrolina.

Para que os estabelecimentos funcionem dentro das exigências legais será necessário os documentos exigidos no § 1º do art. 4º do Decreto Lei nº 73/2014. Além disso a Secretaria de Ordem Pública e Segurança Cidadã passará a exigir o Contrato da Empresa de Segurança Privada e a Planta de Segurança do Evento.

O objetivo das exigências quanto à segurança é para garantir que somente pessoas devidamente habilitadas em curso de formação credenciado junto à Polícia Federal possam trabalhar em eventos particulares na cidade, a Planta de Segurança é outro item que visa garantir também mais segurança nestes espaços, neste caso relacionados a incêndios e pânicos através de rota de fuga, documento que deve deve ser confeccionado por um profissional com especialização na área de Engenharia de Segurança. De posse do projeto o responsável pelo evento deve dirigir-se a CAT (Centro de Atividades Técnicas) Sertão II, no Expresso Cidadão em Petrolina, no prazo de no mínimo 15 dias antes do evento programado, aguardando um limite de 48 horas para análise final do projeto.

Para a empresária Marluce Falcão proprietária do La Fiesta Falcão a implementação das novas regras são muito bem vindas, vez que garante a segurança dos donos das casas de eventos, dos produtores e do público. A empresária nos informou que todos os eventos realizados no seu espaço seguem rigorosamente as exigências legais, exigido sempre no ato da locação a feitura de contrato definindo as responsabilidades.

Da redação informações Ascom

Deixe uma resposta