Duas pessoas são presas por fraude em Operação Pipa

O 72º BIMTZ de Petrolina prendeu duas pessoas na véspera do feriado da Padroeira do Brasil, por adulteração em equipamentos utilizados para comprovar o abastecimento de água da Operação Pipa. Segundo a nota oficial emitida pelo Exército, o crime foi descoberto em Izacolândia e terminou com a apreensão de um caminhão.

No veículo o Exército encontrou três Módulos Embarcados de Monitoramento (MEM), objeto utilizado para validar a prestação do serviço de distribuição da água. De acordo com o 72º BIMTZ, cada caminhão deve apresentar apenas um MEM e a presença de dois ou mais representa fraude.

Diego Pessoa Pereira e Lucas Gomes Macedo foram presos em flagrante e estão detidos no batalhão, eles responderão a um inquérito e devem ser punidos pela fraude. “Eventos dessa natureza prejudicam particularmente o sertanejo”, afirma o Exército em nota.

O Blog entrou em contato com o Exército Brasileiro em busca de novas informações sobre a investigação contra fraudes na Operação Pipa e estamos aguardando a atualização do caso.

Um Comentário

Deixe uma resposta