Edinaldo Lima dispara “O que aconteceu aqui foi um crime” sobre críticas a possível candidatura

Edinaldo

Edinaldo não quis comentar sobre a sua possível candidatura e diz que só fará pronunciamento depois de fala do prefeito./ Foto: arquivo

O vereador Edinaldo Lima (PMDB) de Petrolina, no Sertão de Pernambuco, classificou como crime, os ataques que vem sofrendo dos colegas de legislatura, desde que seu nome foi anunciado pelo prefeito da cidade Julio Lossio (PMDB), como o candidato a sucessão da legenda, nas eleições municipais deste ano.

De  acordo com Edinaldo Lima, ele diz que não vê motivos para a última sessão da Câmara Municipal de Petrolina, realizada na última terça-feita (14), ter sido dedicada ao nome dele. Assunto que rodou na fala de vários vereadores.

“Ontem o que aconteceu aqui foi um crime, não um crime exclusivamente contra mim, mas um crime contra as pessoas, contra o cidadão, que é o crime de preconceito, que é um dos que causa uma ferida muito maior nas pessoas. Eu estou tranquilo e não vou me intimidar, eu acho que essa tentativa não vai funcionar naquilo que é mais importante” expõe.

Edinaldo não quis comentar sobre a sua possível candidatura. Segundo ele, só fara pronunciamento após coletiva que o prefeito deve realizar nos próximos dias para falar sobre o assunto.

 

Deixe uma resposta