Eleição municipal de Petrolina começa a tomar rumos definitivos

eleições 2016

A menos de quatro meses das eleições municipais 2016, até este domingo, quatro partidos já têm pré-candidatos à Prefeitura de Petrolina, embora seja passível de mudanças. As convenções para a escolha definitiva dos candidatos podem ser realizadas de 20 de julho a 5 de agosto.

O prefeito Julio Lossio (PMDB) definiu nesta manhã o nome que irá apoiar para sucedê-lo, o escolhido foi do vereador Ednaldo Lima (PMDB).

O PT municipal não abre mão de ter candidatura própria, encabeçando a chapa vem o deputado Odacy Amorim.

O deputado federal Adalberto Cavalcanti (PTB) é mais candidato do que nunca, o parlamentar que não esconde o sonho de governar Petrolina aparece inclusive, liderando a última pesquisa encomendada por este blog.

No PSB o nome é do também deputado, Miguel Coelho, que acredita no apoio do governado Paulo Câmara, o qual terá o desfio de optar dentro do partido pelo nome que irá disputar o pleito municipal em Petrolina, contudo o governador não esconde sua preferência pela união do grupo.

Como o tema já é corriqueiro na cidade, a rivalidade interna no PSB fez com que alguns líderes da região decidisse por não apoiar Miguel Coelho, como é o caso dos deputados Gonzaga Patriota e Lucas Ramos que pelo visto estão se aliando ao projeto do PT, ou seja, de Odacy Amorim.

Com toda essa movimentação para ajustes e definições não se falou em nomes para composição das chapas como vices, por enquanto só especulações.

Provavelmente, ainda este mês, os nomes serão definidos para o registro das candidaturas e assim iniciar formalmente a viabilização de estratégias e a corrida atrás de somar apoios.

Deixe uma resposta