Em cima da notícia, a coluna mais esperada da semana

Com o pé na estrada

Lucia-1Não resta mais dúvida, a secretária de Saúde de Petrolina, Lúcia Giesta, é mesmo pré-candidata a prefeita, assim como outros secretários ela busca se fortalecer junto ao eleitorado para obter o apoio de Julio Lossio. Lúcia vem aproveitando os finais de semana para cair em campo e visitar amigos no interior do município como ocorreu no último sábado (27), quando ao lado do esposo, Dr. Marcelo Soares e o pré-candidato a vereador Val, estiveram na residência de Adão e Neco de Mary, lideranças fortíssimas do interior de Cruz de Salina. Lúcia já confirmou que vai se descompatibilizar do cargo até o dia 2 de abril, no entanto vai deixar na pasta alguém de sua confiança. Recentemente em um ato de inauguração de obras o prefeito elogiou e muito a secretária, para alguns já teria sido uma sinalização favorável a Lúcia.

Votou contra

Muitos estranharam o posicionamento do vereador Elias Jardim (PP) em ter votado contra o Veto Parcial do prefeito Julio Lossio ao projeto que concede desconto de 60% na cobrança do ISS a Instituições de Ensino Superior particulares que se instalarem em Petrolina. Jardim é aliado de Lossio e sempre tem acompanhado a bancada da situação nas votações em plenário. Será que o vereador estaria insatisfeito como alguma coisa?

Com autonomia e sem dinheiro

Agentes de Trânsito PetrolinaApesar dos agentes de trânsito e alguns vereadores terem comemorado e muito a aprovação do projeto que transforma a EPTTC em autarquia municipal com autonomia  para eleger seus gestores, há quem diga que a medida foi um tiro no pé, pois sem a participação financeira do município a empresa não tem como sobreviver apenas com os recursos provenientes de multas já que a verba do IPVA,  que o município tem direito a 50%, entra na conta livre da prefeitura e não é direcionada obrigatoriamente para melhorias no trânsito da cidade. Como então vai sobreviver essa autarquia sem dinheiro para sua manutenção?

Tô fora!

O atual presidente da Autarquia Municipal de Mobilidade de Petrolina-AMMPLA, Paulo Valgueiro, garante que não vai se candidatar à reeleição. A pessoas próximas ele tem confessado que da forma que está, com o apoio do prefeito, a coisa já não é fácil, imagine agora sem os recursos garantidos do executivo. Quem será que vai assumir esse pepino?

Apoio de Lossio

bbc16bc6beA pesquisa divulgada no início da semana passada pelo instituto Opinião que aponta um empate técnico entre os pré-candidatos Adalberto Cavalcanti (PMB) e Odacy Amorim (PT) caiu como uma bomba no meio político da cidade de Petrolina.  A avaliação colocou mais panos quentes na disputa, enquanto Odacy Alfineta Adalberto tentando mostrar os pontos negativos do adversário quando prefeito de Afrânio-PE, aquele garante está muito à frente do petista em outras pesquisas internas realizadas mas não registradas, por isso o resultado não teria sido divulgado o que, segundo ele, deve ocorrer nos próximos dias. Em uma coisa os dois convergiram no entanto, na busca pelo apoio de Julio Lossio. Como os secretários do prefeito aparecem mal avaliados na pesquisa, os dois aumentaram o tom no apelo ao gestor dizendo que “o apoio de Julio seria bem vindo”. Interessante, elogiar a gestão de Julio ninguém faz, mas contar com o apoio dele tudo mundo quer, por que será?

Guilherme é candidato

Não adianta, Guilherme Coelho (PSDB) é candidatíssimo a prefeito. O vice-prefeito afirma que não abre da parada, é uma batata quente para o prefeito Julio Lossio descascar, já que ele sinaliza poder optar por outro nome que não seja o do vice-prefeito. E agora? Julio não quer correr o risco de perder o espólio político de Osvaldo Coelho (falecido em 2015) para Guilherme, natural herdeiro do pai. A estratégia do prefeito é aguardar  as próximas pesquisas para anunciar quem será o escolhido do grupo para disputar a sucessão municipal. Difícil vai ser convencer Guilherme, pois assessores diretos do vice-prefeito garantem que ele não desiste da candidatura de jeito nenhum.

Na contra mão 

Lucas e GonzagaAs movimentações políticas em ano de eleição às vezes nos deixam com a barba de molho, e não poderia ser diferente, senão vejamos: Primeiro o deputado Gonzaga Patriota afirma que pode apoiar Odacy para prefeito, agora vem com essa de parceria política com Lucas Ramos. É ou não é, para deixar qualquer um de orelha em pé, o que será que estão tramando? Gonzaga já disparou que não vota de jeito nenhum em candidato apresentado por Fernando Bezerra e Lucas tem sido um exímio crítico do comportamento do PSB local. Pelo visto a tão sonhada unidade dentro do PSB está mais difícil do que se imagina, vai entender cabeça de político!

Prefeita do Recife?

Comenta-se a boca miúda que a vereadora do Recife Marília Arraes, que deve homologar sua filiação ao PT na próxima quinta-feira (3). Ela deixou o PSB e pode ser candidata a prefeita do partido nas próximas eleições em caso de desistência do ex-prefeito do Recife e atual superintendente da Sudene, João Paulo, que já perdeu duas eleições seguidas – para vice-prefeito em 2012 e senador em 2014.

Deixe uma resposta