Em entrevista exclusiva, pais da garota Beatriz falam sobre os dois anos do caso sem respostas

Os pais da garota Beatriz Angélica, que foi brutalmente assassinada em 10 de dezembro de 2015, estiveram no blog Waldiney Passos para uma entrevista exclusiva. Neste domingo (10), faz dois anos que o fato aconteceu e até o momento o responsável pelo crime foi sequer identificado.

Durante a entrevista, Sandro Romilton e Lúcia Mota falam detalhadamente sobre o andamento das investigações, atuações dos delegados que já passaram pelo caso, erros da Polícia no dia do evento, dificuldade para se chegar às imagens do suspeito, descaso do Colégio Maria Auxiliadora e sobre a caminhada ‘Todos pela Paz’ que acontece neste domingo, às 7h30.

As denúncias sobre o caso podem ser feitas através dos telefones (87) 98137-3902 ou (81) 3719-4545.

Deixe uma resposta