Em reunião com associações rurais, Miguel reforça resgate do interior como prioridade de governo

Miguel Coelho elencou uma série de ações e programas criados desde o ano passado. (Foto: ASCOM)

O auditório do Sindicato dos Trabalhadores Rurais (STR) recebeu, na manhã desta segunda-feira (06), produtores e moradores do interior de Petrolina para uma reunião com o prefeito de Petrolina, Miguel Coelho.

No encontro, o gestor fez uma prestação de contas de todas as ações que já foram realizadas na zona rural nos primeiros 20 meses de governo. A reunião foi articulada pelo Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural Sustentável para fortalecer o diálogo com a Prefeitura de Petrolina.

Perante representantes de várias associações e federações como Fetape, STR e STTR, Miguel Coelho elencou uma série de ações e programas criados desde o ano passado. O prefeito reforçou o compromisso de priorizar as áreas rurais, citando o trabalho de patrolamento em mais de 1500 km de estradas, a quitação de dívidas dos trabalhadores rurais, capacitações por meio do programa Terreiros Produtivos e os mais de 250 poços instalados e perfurados desde o ano passado.

Além de apresentar um balanço do trabalho da gestão municipal no interior de Petrolina, Miguel respondeu diversas perguntas e se comprometeu em implantar novas políticas como a de habitação popular no campo.

“Em pouco mais de um ano, já provamos que o interior voltou a ser respeitado e priorizado pela prefeitura. Eu defendia que não era justo tratar a cidade de um jeito e a zona rural de outro, por isso, investimos muito e ainda estamos com mais ações previstas como construção de quadras, novas creches, postos de saúde e o programa Minha Casa, Minha Vida, que já tem recursos garantidos para o interior de Petrolina”, enumerou o prefeito.

Ao final do encontro, o presidente do Conselho de Desenvolvimento Rural, Francisco “Chicô” Pascoal, destacou a importância de estreitar os laços das associações com a gestão municipal.

“Miguel está de parabéns. Só tivemos esse tipo de reunião na época que Fernando Bezerra era prefeito. É muito importante esse debate porque os moradores e trabalhadores podem cobrar da prefeitura as ações que precisam ser feitas e o prefeito pessoalmente já apresenta as respostas que a população busca”, explicou.

Deixe uma resposta