Em sessão extraordinária tumultuada, Câmara Municipal de Juazeiro aprova nova Previdência

O recesso dos vereadores de Juazeiro (BA) ainda nem acabou e a Câmara Municipal Aprígio Duarte já está a todo vapor. Em uma sessão extraordinária, realizada na manhã desta sexta-feira (10), os vereadores do município votaram e aprovaram o Projeto de Lei que reformula a Previdência dos servidores municipais, ativos e inativos.

LEIA TAMBÉM

Com mudanças na alíquota, mas sem alterar aposentadoria Juazeiro votará nova Previdência em 2020

A sessão contou com a presença de 17 vereadores, destes, seis votaram contra o Projeto: Bené Marques (PSDB), Allan Jones (PTC), Tia Célia (PTC), Aníbal (PTC), Charles Leal (PDT) e Domingão da Aliança (PRTB). Os quatro vereadores faltosos justificaram a ausência.

O plenário estava lotado, servidores municipais e população em geral se fizeram presentes para protestar contra a aprovação do projeto. Mesmo vaiados durante a votação, os vereadores favoráveis não se intimidaram  e apoiaram o Projeto do Executivo, que segundo a gestão municipal, apenas obedece às mudanças da reforma da Previdência aprovada pelo governo Bolsonaro.

Vale ressaltar que, segundo o poder executivo, por decisão do prefeito Paulo Bomfim, questões como idade mínima ou regras de cálculo da remuneração não foram alteradas no projeto municipal, já que não são regras de aplicação obrigatórias nos regimes próprios.

Agora, o projeto volta para o poder executivo e deve ser sancionado pelo prefeito Paulo Bomfim. Caso seja sancionado, as alterações começam a vigorar já no pagamento do salário de janeiro. A pressa para a votação, que tirou os vereadores do gozo das férias e mobilizou a população juazeirense pode ser justificada pela adequação do sistema de emissão da folha de pagamento, que já deve sofrer alteração a partir deste mês.

Deixe uma resposta