Ensino integral: prefeitura orienta educadores para acolher mais de mil alunos em Petrolina

(Foto: Jonas Santos)

No próximo dia 11 de março mais de 1.080 estudantes estarão iniciando o ano letivo 2019 nas escolas em tempo integral de Petrolina (PE). Para garantir que a acolhida desses alunos seja a melhor possível, a prefeitura, através da Secretaria de Educação, Cultura e Esportes promoveu durante cerca de duas semanas uma formação para orientar a equipe escolar que estará atuando nesse modelo de ensino da Rede municipal.

O encerramento da formação aconteceu na última quinta-feira (28), na Fundação Nilo Coelho, no centro da cidade e reuniu as equipes gestoras de cada unidade, formada por: gestor; coordenador administrativo-financeiro; coordenador pedagógico; articulador de aprendizagem e todos os professores; equipe de implantação da Secretaria de Educação, além de representantes do Instituto de Corresponsabilidade pela Educação (ICE), parceiro na implantação desse modelo de ensino.

Serão contemplados com esse novo modelo os alunos das escolas Monsenhor Bernardino, na Vila Eulália, Anezio Leão, na Vila Eduardo, e São Domingos Sávio, no Gercino Coelho.  As aulas nessas unidades já começam a partir de 11 de março, com horário diário de 7h30 às 16h30.

Ensino Integral

A Prefeitura de Petrolina está avançando na ampliação do ensino integral no município. A partir deste ano, duas novas unidades serão entregues à comunidade com ambientes pedagógicos adequados para atender às atividades dessa modalidade. A iniciativa beneficiará 1080 estudantes e integra o pacote de ações da plataforma Petrolina Educa, lançada em fevereiro, pelo prefeito Miguel Coelho. Até 2020, o gestor municipal pretende implantar a metodologia em 10 unidades.

Deixe uma resposta