Esposa de ex-jogador da Juazeirense acusado de assalto afirma que marido é inocente

Em entrevista ao jornal Extra, publicado na manhã de sábado (13), a esposa do atacante Sylvestre, que defendeu o Juazeirense (time de futebol da cidade de Juazeiro, na Bahia) entre 2013 e 2014, preso na quinta-feira (11) acusado de assaltar um pedestre em outubro de 2014, no Rio de Janeiro, Karla Gomes, declarou que o atleta teria vendido uma Kombi para um amigo. Porém, a transferência da propriedade do utilitário não teria sido realizada.

Ele vendeu a kombi e deixou na confiança que o rapaz ia tirar do nome dele. Um sobrinho do cara pegou o veículo, era o carona, e roubou o celular de uma menina, que começou a gritar e algumas pessoas conseguiram pegar o número da placa. Quando ela deu queixa na polícia, puxaram a ficha e apareceu o nome do meu marido. Aí começou o pesadelo”, disse Karla.

Na sexta (12), o atleta foi levado ao presídio de Bangu, Zona Oeste da capital fluminense, onde aguardará julgamento marcado para o dia 29 de fevereiro.O jogador alega inocência.

A vítima teria reconhecido o jogador em uma foto 3×4 apresentada pela polícia.  “O adolescente que pegou a kombi confessou o roubo, mas ela não reconheceu o menino. Mas viu a foto do meu marido e disse que era ele. Só queríamos uma acareação, que ela o visse pessoalmente e desmentisse isso”, suplicou a mulher do atleta.

Deixe uma resposta