Estratégias de controle de mosquitos adotadas pela Flórida serão usadas no Brasil pela Moscamed do Vale

Distrito da Fl--rida (1)

Após desenvolver o Projeto Aedes Transgênico – PAT que utiliza uma linhagem geneticamente modificado para controle e erradicação do mosquito, o presidente da biofábrica, Dr. Jair Virgínio e a pesquisadora ICB/USP, professora Margareth Capurro, coordenadora do PAT, visitaram o Distrito da Flórida de Controle de Mosquitos.

A visita aconteceu entre os dias 25 e 29 de janeiro e teve o objetivo de conhecer as estratégias de controle adotadas pela Flórida (EUA).

Defendemos uma abordagem baseada em monitoramento de qualidade, permitindo a aplicação de medidas com base na real situação de campo. A estratégia é aplicar o manejo integrado do mosquito, atacando o mosquito tanto na fase imatura (larva e pupa) quanto na fase adulta, utilizando todas as tecnologias disponíveis.  Inclusive a que temos. Não existe uma ferramenta que sozinha dará conta do controle do mosquito”, avaliou Virgínio.

Primeira biofábrica de mosquitos no mundo e que até dezembro de 2015, de acordo com pesquisas, com maior produção de insetos em larga escala. A Moscamed foi estabelecida em abril de 2005 e está sediada na cidade de Juazeiro, na região norte da Bahia, sendo reconhecida pelo Ministério de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), Ministério da Saúde (MS) e pela Comissão Técnica Nacional de Biossegurança (CTNBio).

Deixe uma resposta