Estudantes e colaboradores se reúnem em Movimento “Faxina no Velho Chico”  

Apoio da Cooperativa

Dezenas de estudantes amantes da natureza participaram neste fim de semana em Juazeiro (BA) do movimento em defesa das margens do Rio São Francisco, “Faxina no Velho Chico”, o evento ecológico mobilizou estudantes de seus 14 a 17 anos, amigos e colaboradores, sensíveis à causa ambiental.

Gabriella Amaral, Maria Helena Aranha, Melâne Pereira, e as irmãs Daise e Débora Souza, se juntaram às amigas, amigos, artistas e colaboradores e puseram “a mão na massa”, sem nenhuma vergonha, sem medo de exposição, e principalmente denunciando o vandalismo, o descaso, e o abandono de alguns pontos turísticos da cidade, assim como o próprio Rio São Francisco.

De acordo com a organização do movimento, foram mais de 20 sacolas de lixo recolhido às margens do rio, sendo que a orientação era separar todo o material reciclável. Para isso, o movimento das estudantes contou também com a parceria da Cooperativa de Catadores de Material Reciclável de Juazeiro.

Para Raimundo Francisco da Silva, da Representação do Movimento Nacional dos Catadores, e membro da Cooperativa de Catadores de Material Reciclável, a iniciativa das estudantes é bastante louvável, e que deveria servir de exemplo para toda a cidade. “Nós recebemos o convite para está apoiando este projeto da limpeza às margens do Velho Chico, e viemos dar a nossa contribuição”, disse, parabenizando a equipe organizadora do movimento. “É preciso dar continuidade”.

Adriano Amorim, 29 anos, morador de Petrolina, também falou sobre a iniciativa das estudantes, e disse que em outra oportunidade participaria. “Uma coisa bonita que estão fazendo, muitos frequentadores que a gente ver tomam banho aqui e jogam garrafas no rio, até os que ganham o pão, como os pescadores, fazem a mesma coisa”, lamentou. “Vou participar quando tiver outro, principalmente quando vier para as margens do rio do lado de Petrolina”. 

Com informações e foto da Ascom PMJ

Deixe uma resposta