Estudantes já podem acessar espelho da redação do Enem

(Foto: Internet)

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) divulgou nesta terça-feira (11) o espelho de correção das redações do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2016 para consulta na página do participante.

Para ter acesso ao material, os candidatos devem entrar na página, inserir número do CPF e senha. Com o espelho, ele consegue saber como se saiu em cada uma das cinco competências, além de comparar o desempenho com o dos demais. Não é possível, porém, entrar com recurso.

O processo de vista pedagógica das redações começou em 2012. Além da nota, é apresentada também a descrição do nível que o participante alcançou em cada competência. São indicadas as características das redações alinhadas aos critérios de correção.

As redações do Enem são avaliadas por dois corretores independentes, que atribuem uma nota de zero a 200 pontos a cada competência. Uma terceira correção é feita em caso de discrepância maior do que 100 pontos na soma total das competências ou maior do que 80 pontos em uma ou mais competências. Persistindo a discrepância, o texto é encaminhado a uma banca especial que, formada por três membros, atribui a nota final.

Deixe uma resposta