Ex-deputado Pedro Alcântara afirma que polícia pode ficar desmoralizada se não solucionar o caso Beatriz

Passeata Betriz 18

No protesto de ontem (18), onde familiares, amigos, pais e a população em geral das cidades de Petrolina-PE e Juazeiro-BA, se juntaram no manifesto “Somos todos Beatriz”, com o objetivo de pedir a justiça, a elucidação do crime que chocou toda a população do Vale do São Francisco, o ex-deputado baiano Pedro Alcântara, atual secretário de Relações Institucionais de Juazeiro afirmou que “se a polícia não resolver esse caso ficará desmoralizada”. Ele também informou que o prefeito Isaac Carvalho já pediu que a Polícia Federal entre nas investigações.

pedro alcantara

“Recentemente, todo dipolo Juazeiro e Petrolina, sabe que eu perdi um filho, médico, 32 anos de idade, foi uma vítima. E eu pensei que essa fosse a maior dor do mundo, mas quando eu vi acontecer esse crime, num colégio tradicional, em um evento com inúmeras pessoas, me senti também na pele dos pais, que são meu amigos. Eu tive 6 meses para defender a vida do meu filho, esses pais não tiveram nem um minuto para defender a vida da sua filha. Se a justiça não elucidar esse crime, ficará desmoralizada e perderá o crédito, porque foi um crime quase inacreditável” comenta o ex-deputado.

Um Comentário

  • leonardo

    19 de janeiro de 2016 at 21:09

    infelizmente já está. depois desse tempo todo ainda vem com negocio de disque denuncia? o secretario não disse em entrevista que já estavam perto de solucionar? ou ouvi errado? sempre defendi o trabalho das policias em geral, mas neste caso está estranho.

    Responder

Deixe uma resposta