Facape e Sindsemp articulam benefícios para os servidores municipais

(Foto: ASCOM)

Através de uma ação judicial o sindicato teve o direito adquirido de reconhecimento de equiparação salarial. (Foto: ASCOM)

Nesta última semana, a Direção da Faculdade de Ciências Aplicadas e Sociais de Petrolina (Facape) recebeu o presidente do Sindicato dos Servidores Municipais de Petrolina(Sindsemp), Walber Lins, para uma reunião sobre a situação dos servidores municipais de Petrolina (PE).

O Sindsemp intermedeia, junto aos servidores municipais, uma negociação para alcançar medidas que beneficiem os funcionários públicos. Através de uma ação judicial o sindicato teve o direito adquirido de reconhecimento de equiparação salarial e a negociação de retroativos.

Após o comunicado das novas medidas a Facape se antecipou e já se comprometeu com a equiparação administrativa, tendo em vista a valorização do servidor. O presidente do Sindsemp parabenizou a iniciativa da instituição.

“A Facape busca a resolução do caso garantindo o reconhecimento do servidor e resguardando a instituição de forma financeira para que ela permaneça dentro de uma situação sustentável”, declarou Walber.

Durante a reunião ficou acordado que o próximo encontro com os servidores técnicos administrativos acontecerá ainda esta semana no auditório da biblioteca da Facape, quando dialogarão sobre as propostas de mudança.

Na ocasião, Walber recebeu em nome do Sindsemp o prêmio de reconhecimento de serviços prestados à Facape, por sempre buscar o diálogo entre as instituições. A homenagem foi concedida nas comemorações dos 40 anos Facape às instituições parceiras da faculdade.

Com informações da ASCOM

Um Comentário

  • Celso Franca

    12 de outubro de 2016 at 20:51

    Parabenizar o presidente da ADAF – Associação dos Servidores da Facape, prof. Pedro Henrique e especialmente, ao advogado do Sindisemp – prof. Dr. Luis Eduardo pelos esforços desprendidos em favor do servidores da facape, pela sua incansável luta judicial. Parabéns Dr. Luis Eduardo, a luta continua. #rumoaofuturo

    Responder

Deixe uma resposta