Fernando Haddad e PT são condenados a pagar R$ 100 mil a cantora por uso de música sem permissão

(Foto: Internet)

Fernando Haddad, candidato à presidência em 2018, e o Partido dos Trabalhadores (PT) foram condenados a pagar R$ 100 mil à cantora Paula Toller, pelo uso sem permissão da sua música ‘Pintura Íntima’, na campanha presidencial.

A decisão foi tomada pela 1ª Vara Empresarial do Rio, que também condenou o ex-namorado da cantora, Leoni, um dos fundadores da banda Kid Abelha, onde Paula Toller cantava, em R$ 50 mil, por autorizar o uso da canção.

Com informações do Jornal do Commercio

Deixe uma resposta