FIEPE exclui Júlio Lóssio de debate, posicionamento gera críticas de eleitores

Nesta terça-feira (21) a Federação das Indústrias do Estado de Pernambuco (FIEPE) realizará uma roda de conversa com os candidatos ao Governo de Pernambuco. No entanto, o ex-prefeito de Petrolina, Júlio Lóssio (Rede) não foi convidado e o fato repercutiu nas redes sociais.

Daniela Portela (PSOL), Armando Monteiro Neto (PTB), Maurício Rands (Pros) e o atual governador, Paulo Câmara (PSB) estão confirmados no evento, realizado das 9h às 18h, na capital Recife.

O Blog Waldiney Passos tentou contato com a FIEPE durante toda manhã, através do telefone e email, porém, não teve retorno aos questionamentos. Em uma matéria publicada no Jornal do Commercio, a instituição alega que a ausência de Lóssio se deve à Lei Eleitoral: a Rede Sustentabilidade não têm mais de cinco representantes parlamentares.

FIEPE justificou decisão ao JC (Foto: Reprodução/Internet)

A regra citada pela FIEPE está descrita no Artigo 46 da Lei 13.488/2017 e diz respeitos aos debates. O texto foi modificado para beneficiar as siglas “nanicas”, entre elas a Rede Sustentabilidade.

Na justificativa publicada no JC, a Federação afirma ser necessário número superior a cinco parlamentares – senadores e deputados federais – exatamente o número de representantes da Rede no Congresso Nacional.

Entretanto, a Lei 13.488/2017 afirma ser necessário “no mínimo, cinco parlamentares, e facultada a dos demais”.

Eleitores de Lóssio criticam postura da FIEPE

Nas redes sociais da FIEPE eleitores do ex-prefeito de Petrolina criticaram o posicionamento da Federação, chamando de “vergonhoso” e alegando que a “regra dos parlamentares vale apenas para debates de rádio e TV”, o que não é o caso do encontro de amanhã.

Procurada pelo Blog, a Coordenação de Campanha de Lóssio “questiona o fato dele não ter sido convidado para o debate” e “reforça que o candidato também está á disposição do debate da FIEPE”.

Segundo informações colhidas pela nossa equipe, a FIEPE não teria convidado Lóssio pelo fato de o candidato a governador ter como proposta revisar os incentivos fiscais das grandes corporações de Pernambuco, tirando recursos de instituições como a própria FIEPE para investir em políticas públicas para população.

O Blog reitera seu espaço aberto à FIEPE, para o esclarecimento dos fatos já que nossos questionamentos não foram respondidos até a finalização dessa matéria.

Deixe uma resposta