Final do Festival Edésio Santos da Canção será realizada neste sábado

O 19ª Festival Edésio Santos da Canção termina hoje com a apresentação das 12 músicas finalíssimas (Foto: Ascom)

O 19ª Festival Edésio Santos da Canção termina hoje com a apresentação das 12 músicas finalíssimas (Foto: Ascom)

A segunda noite do 19º Festival Edésio Santos da Canção lotou o teatro de arena do Centro de Cultura João Gilberto em Juazeiro, nesta sexta-feira, 04, e definiu as 12 músicas que participarão da grande final que acontece hoje, 05 de Outubro a partir das 19h no palco montado na Orla II.

Para o secretário de cultura Donizete Menezes, o Festival tem trazido para o público um ecletismo musical que anima e agrada mostrando a diversidade dos autores que mesclam ritmos, sons e sotaques de várias partes d Brasil. “Percebemos que essa mistura de baião, forró, rock e outros estilos agradou a todos que estiveram presentes ao Festival. A tendência é essa e a expectativa é que teremos mais uma noite com grande participação do público hoje com apresentação das 12 finalistas”, ressaltou.

E o que não faltou foi animação. O público em suas torcidas organizadas acompanhava a apresentação dos compositores e intérpretes que passearam pela diversidade de estilos mantida desde o primeiro dia que trouxe do repente ao rap, não muito comuns em festivais. Com maior participação que na primeira noite, o público fez fila para a votação popular tendo maior empolgação.

A atração musical da noite ficou por conta do médico e cantor Rogério Leal que apresentou um show que foi do samba à música regional dando um peso, como ele mesmo diz ‘na sonoridade e na temática’. Já acostumado a participar do Festival, Rogério Leal disse que “o show de hoje tem a ver com o momento que estamos vivendo e a proposta, além da diversão, é também de reflexão”.

Segundo ele, é uma honra vivenciar mais um Edésio Santos, pois é um festival que já faz parte da vida do juazeirense. “As pessoas esperam todo ano pelo festival que homenageia um grande amigo meu e de meu pai e que me ensinou muita coisa de música e da emoção de cantar”, enfatizou Leal assegurando que, mesmo envolvendo o público em vários estilos, sua essência está no samba.

O 19ª Festival Edésio Santos da Canção termina hoje com a apresentação das 12 músicas finalíssimas e logo após acontece o Encontro de Cantadores reunindo grandes nomes da música como Maviael Melo, João Sereno, Maciel Melo e Xangai,além da voz da cantora Juliana Ribeiro.

Músicas classificadas para a final:

  1. Dança de Iansã (Rodolfo Minari – Rio Branco-AC);
  2. Meu Deus, ai que dó (Sérgio Murilo -Juazeiro);
  3. Fé Nordestina (Gean Ramos – Jatobá – PE);
  4. Da Ilha pra Cá (Eugênio Cruz – Petrolina);
  5. Nordestinias (Euri Mania – Juazeiro);
  6. Calmaria da Noite (Manuca Almeida / Silas França- Juazeiro);
  7. Mãe me benze (Fernanda/Antônio -Petrolina);
  8. Redemoinhos (José Roberto – Belo Horizonte-MG);
  9. Devaneio do Pescador (Luana Alcântara – Petrolina);
  10. Se (Josamar/João Ferreira – Juazeiro);
  11. Te Aceito (Sereno Ribeiro – Juazeiro);
  12. 12 – A Flor e o Arranha Céu (Noel Ferrari – Juazeiro);

Deixe uma resposta