Forças Armadas permanecem em Pernambuco até dia 3 de janeiro

As Forças Armadas estão nas ruas do Grande Recife desde a noite do dia 9 de dezembro/Foto: Arthur Mota – Folha de Pernambuco

O Governo Federal, atendendo ao pedido do governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), decidiu, ontem(19), manter até o dia 3 de janeiro próximo as Forças Armadas no Grande Recife reforçando a segurança. De acordo com a assessoria de Comunicação do ministro da Defesa, Raul Jungmann (PPS) existe a possibilidade de ser convocada também um contingente da Força de Segurança Nacional.

Atualmente, estão reforçando a segurança em Pernambuco 3.500 homens, com oficiais da Marinha, Exército e Aeronáutica. Eles estão atuando desde a noite do último dia 9 porque a PM está em operação padrão. Ao todo, os custos de deslocamento das tropas para o Estado chegou a R$ 270 mil, com fundos federais, e o orçamento de permanência dos oficiais durante os dez dias foi estimado aproximadamente em R$ 2 milhões.

Agora não há informações sobre quantos farão parte do contingente a partir da decisão de ampliar a permanência até janeiro e nem quanto a ação custará ao governo.

A data de 3 de janeiro é o dia anterior à reunião de nova rodada de negociações entre o Governo e a Polícia Militar em relação aos assuntos da categoria. “O ministro informa ainda que o Governo Federal está analisando a possibilidade do envio de contingente da Força de Segurança Nacional para Pernambuco a fim de ajudar na tarefa do policiamento do Estado”, afirmou nota do ministério da defesa.

Com informações da Folha de Pernambuco.

Deixe uma resposta