Frente Brasil Popular de Petrolina apoia entrega de título ao ex-presidente Lula

(Foto: ASCOM)

A Frente Brasil Popular de Petrolina emitiu uma nota nesse domingo (1º) defendendo a aprovação do título de Doutor Honoris Causa ao ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva. Segundo a instituição, a honraria se trata de um “verdadeiro reconhecimento a um presidente da República que tanto fez pela educação em nosso país”.

Confira a nota

Na última sexta-feira, dia 29 de setembro de 2017, a UNIVASF anunciou a aprovação do título de Doutor Honoris Causa ao ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva. Mais do que um prêmio, trata-se de um verdadeiro reconhecimento a um presidente da República que tanto fez pela educação em nosso país. O 34º do ex-presidente Lula.

Durante o seu governo, foram 14 novas Universidades Federais, dezenas de novas extensões, com foco e prioridade para regiões do interior do país e dezenas de milhares de novas vagas em instituições de ensino superior. A própria Universidade Federal do Vale do São Francisco, obra do governo Lula, é exemplo claro desta política de fortalecimento de uma educação pública, gratuita, de qualidade e acessível ao povo sertanejo.

Infelizmente, para surpresa geral, um pequeno grupo de pessoas reconhecidamente de oposição ao presidente Lula, lançou uma petição virtual no intuito de cancelar a merecida titulação e para isso pede assinaturas. Em meio a um momento com tantos ataques à democracia, é com muito espanto que nos deparamos com atitudes autoritárias e antidemocráticas como esta, pois pretendem passar por cima do princípio da autonomia universitária, conquistado a tão duras penas.

É de fundamental importância, antes de tudo, respeitar a independência e autonomia da Univasf, que de maneira democrática e seguindo todos os ditames institucionais, aprovou o título em seu órgão de deliberação máxima, o Conselho Universitário. 

Faz-se necessário também atentar que o pedido de anulação parte de um grupo radical de direita, que não compõe a UNIVASF, se define de ideologia liberal e defende o fim de serviços públicos para a população como saúde e educação, por exemplo.

Tal pensamento político parece não ter mais espaço, num momento em que o povo sente os impactos do golpe que derrubou a presidente Dilma, afastada do poder sem ter cometido um crime sequer. Se tais pessoas realmente estivessem preocupadas com os interesses da população, estariam agora combatendo todos os ataques aos direitos do povo brasileiro, como a reforma trabalhistas e tantos outros.

Por fim, queremos reforçar os nossos parabéns ao Conselho Universitário da UNIVASF que aprovou o título de Doutor Honoris Causa ao ex-presidente Lula, mais um entre tantos outros que já reconhecem, de forma oficial, todos os serviços já prestados à educação brasileira“.

Deixe uma resposta