Funcionários dos Correios decidem manter a greve na Bahia

Os funcionários dos Correios do estado da Bahia decidiram, em assembleia realizada na tarde de ontem (5), manter a greve até que a proposta do Tribunal Superior do Trabalho (TST) seja analisada de forma detalhada pelos advogados.

Uma nova a assembleia para decidir pela aprovação ou não da greve foi marcada para esta sexta (6), às 16h30.

A proposta do vice-presidente do TST, o ministro Emmanoel Pereira, prevê um reajuste retroativo de salários e benefícios a agosto de 2017 em 2,07%, balizado pelo INPC. Antes, o TST tinha sugerido que os Correios ofereçam um aumento de 3% a partir de janeiro de 2018, o que não foi aceito pela categoria.

Caso seja aprovado o encerramento do movimento grevista, a categoria volta às atividades a partir de segunda (9). A greve por tempo indeterminado foi decidida em assembleia na noite do dia 19 de setembro.

Deixe uma resposta