“Geraldo deve explicações sobre a Arena Pernambuco”, diz Silvio Costa

SILVIO-COSTA-FILHO-RS-1-de-1-300x200

Deputado estadual Silvio Costa Filho (PTB/PE)

Após o feriado do dia da Confraternização Universal e da Paz comemorado a cada 1º de janeiro, a bancada de oposição da Assembleia Legislativa de Pernambuco (ALEPE) já apresenta armas de fiscalização dos poderes executivos para 2016.

Prova disso, o deputado estadual Silvio Costa Filho (PTB) assegura que em fevereiro, “tão logo a ALEPE volte do recesso, convidaremos o prefeito Geraldo Júlio para explicar ao povo porque autorizou a construção da Arena Pernambuco – uma operação que está sendo investigada pela Polícia Federal e que já obrigou o Estado a desembolsar R$ 438 milhões desde a assinatura do contrato, causando enormes prejuízos aos cofres do nosso estado”, afirma.

Para Costa não se trata de eleitoralizar o debate. “Estou apenas cumprindo o meu dever, como parlamentar, de fiscalizar as ações do executivo. Repito que o prefeito Geraldo Júlio tem mais responsabilidade com este empreendimento do que o governador, pois o prefeito era o presidente do Comitê Gestor das PPPs de Pernambuco na época que a Arena foi licitada”, afirma.

Por fim, em nome da bancada de oposição da ALEPE, o parlamentar diz que tem o maior interesse de fazer o debate ético com o PSB.

Vamos sim debater nossa gestão à frente da Secretaria de Turismo do Estado, mas também vamos perguntar ao PSB porque colocou Pernambuco no meio do furacão da Operação Lava Jato. Só em 2015 foram três operações da Polícia Federal em nosso Estado, todas elas envolvendo nomes importantes do PSB pernambucano”. Estou pronto para o debate”. Concluiu o deputado estadual Silvio Costa Filho.

Deixe uma resposta