Governo libera R$ 562,8 milhões de emendas nesta quarta-feira

(Foto: Internet)

Às vésperas de encerrar o ano, o governo federal vai liberar nesta quarta-feira (21) R$ 562,8 milhões de emendas parlamentares antigas que ainda não haviam sido pagas, os chamados restos a pagar.

O maior volume será liberado para obras do Ministério das Cidades, cerca de R$ 195 milhões. O Ministério da Educação será destinatário de R$ R$ 49,8 milhões.

Na semana passada, o governo já havia mandado liberar R$ 1,171 bilhão de emendas parlamentares destinadas ao Ministério da Saúde.

Veja o valor por órgão

  • Ministério das Cidades: R$ 195.108.416
  • Ministério da Cultura: R$ 4.751.839
  • Ministério da Defesa: R$ 30.111.415,93
  • Ministério do Esporte: R$ 47.389.840,09
  • Funasa (Fundação Nacional de Saúde): R$ 1.281.040
  • Incra (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária): R$ 2.933.333,33
  • Ministério da Integração Nacional: R$ 44.563.937,13

  • Ministério da Justiça: R$ 10.236.933,51
  • Ministério do Trabalho e Emprego: R$ 1.255.264,33
  • Ministério da Agricultura: R$ 47.583.497,44
  • Ministério da Ciência e Tecnologia, Inovações e Comunicações: R$ 1.750.893,49
  • Ministério do Desenvolvimento Agrário: R$ 26.579.077,42
  • Ministério do Desenvolvimento Social: R$ 8.752.195
  • Ministério da Educação: R$ 49.791.042
  • Ministério do Meio Ambiente: R$ 364.526,53
  • Secretaria Especial de Direitos Humanos: R$ 31.137.257,11
  • Secretaria Especial de Micro e Pequena Empresa: R$ 2.019.181,02
  • Secretaria Nacional de Juventude: R$ 2.072.000
  • Secretaria Especial de Política para as Mulheres: R$ 1.992.107,82
  • Ministério do Turismo: R$ 53.152.145,95

Fonte Folha de São Paulo

Deixe uma resposta