Grande público participa da 45ª edição do programa Caravana da Saúde no bairro Alto da Aliança

_dsc8440Cerca de 180 pacientes do bairro Alto da Aliança e adjacências, em Juazeiro (BA), puderam receber diversos atendimentos nesta quarta-feira (7), durante a 45ª edição do programa Caravana da Saúde que ocorreu na comunidade.

O programa completa quarenta e cinco edições e já ultrapassa os 16 mil atendimentos médicos especializados.  O objetivo da caravana é diminuir a fila de espera, além de garantir acesso ao serviço pelos usuários que estão aguardando consultas especializadas há algum tempo.

Dona Isabel Leite, de 38 anos e Francisca Pereira, moradoras do bairro, passaram pelo endocrinologista e elogiaram o atendimento na caravana. “Fomos bem atendidas. Tivemos um bom acolhimento desde a recepção à consulta. Foi excelente a consulta com o médico”, disse D. Isabel.

O clínico geral da unidade, André Ribeiro ressaltou que com a caravana da saúde a comunidade do Alto da Aliança sana grande parte da demanda reprimida. “Fico feliz de ver a comunidade com tantos atendimentos médicos e realização de exames. A primeira vez que a caravana passou pelo posto desafogou bastante a demanda daqui e agora o programa contribui para que essa fila diminua”, explicou o médico.

A dona de casa Maria Tânia, de 48 anos fez exames laboratoriais e agradeceu o serviço ofertado no programa. “É muito bom poder contar com o serviço de saúde com qualidade e próximo da nossa casa. Agradeço a prefeitura pela iniciativa e torço para que a caravana retorne outras vezes ao nosso bairro”, disse a moradora.

A Superintendente de Atenção Básica, Simone Freire destacou que a caravana  é referência de atendimento em várias especialidades médicas no município. “Nosso compromisso é levar serviços de saúde com qualidade aos usuários. O programa já passou por todos os bairros e distritos. São muitos avanços na gestão do prefeito Isaac em saúde. Na atenção básica 26 UBS já foram entregues e equipadas e na próxima sexta-feira (9) a gestão municipal entrega mais uma, no bairro Dom José Rodrigues”, explicou.

Com informações da ASCOM

Deixe uma resposta